Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Despique no "Provincial"

04 de Outubro, 2016
Não deixa de ser interessante o despique que se observa no Campeonato Provincial sénior masculino de basquetebol, prova que serve de antecâmara para a maior competição nacional, às equipas sedeadas em Luanda.

O calendário interno da bola ao cesto, não é muito recheado em termos de competições, pelo que o número de jogos para as equipas nunca é o desejável, mesmo com torneios regulares que se disputem, como a Taça Victorino Cunha que anualmente visa homenagear o grande homem do basquetebol angolano, técnico que por diversas vezes liderou Angola nas grandes conquistas africanas, e que tem o seu nome intrinsecamente ligado ao desenvolvimento da bola ao cesto no país.

É de facto uma organização da Associação de Luanda, o campeonato preenche uma brecha e acaba por dar rodagem aos clubes, que numa fase posterior estejam em competição no BIC-basket.

Equipas como o 1º de Agosto, actual campeão nacional, Petro de Luanda, campeão destronado e Interclube de Angola que é uma formação que anualmente assume o desejo de estar integrado no lote de equipas que devem lutar pelo título nacional, competem na prova luandense, e o último despique entre militares e petrolíferos deixou indícios que a disputa na maior prova nacional, vai ser renhida.

No "Provincial", os treinadores começam a desenhar o esqueleto das suas equipas para o grande desafio da época a nível doméstico, colocam na quadra jogadores que na temporada anterior tiveram poucos jogos nas pernas, ao mesmo tempo que podem ensaiar o lançamento de novos jogadores.
Como prova oficial, e dado que é a competição mais importante organizada pela Associação de Luanda, o "provincial" devia pautar-se com mais regularidade, com o cumprimento integral do calendário de jogo, para respeitar o interesse do próprio público que está sedento de basquetebol de alto nível.

O campeonato de Luanda é um "nacional" em miniatura, congrega a maior parte das equipas que desfilam na prova com dimensão mais alargada, com a integração do Recreativo do Libolo e da Casa do Pessoal do Porto do Lobito, esta última apurada do campeonato da segunda divisão que confirmou o regressou, também, do Progresso do Sambizanga à fina-flor do basquetebol.

Temos em última instância, uma competição que à partida devia ser a terceira competição, mesmo com um calendário estritamente provincial, por que em prova estão três potenciais candidatos ao título do Bic-basket, daí o interesse que deve despertar no seio dos aficcionados da bola ao cesto, e a acuidade com que devia ser preparada.

Últimas Opinies

  • 23 de Março, 2019

    Agora que venha o CAN do Egipto!

    Que venha agora o CAN do Egipto! Sim, que  venha o Campeonato Africano das Nações porque a fase de qualificação ficou já para atrás. 

    Ler mais »

  • 23 de Março, 2019

    Cartas dos Leitores

    Estou aqui para trabalhar. É uma realidade nova para mim. Nunca estive em África.

    Ler mais »

  • 23 de Março, 2019

    Angola est no Egipto

    O país acordou, hoje, na ressaca da explosão festiva resultante da qualificação da selecção nacional de futebol, ao Campeonato Africano das Nações, a disputar-se em Junho e Julho, no Egipto.

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    Amanh um "tudo ou nada

    Amanhã é uma espécie de Dia D, para nós, e tal fica a dever-se aos ‘’Palancas Negras’’

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    Um regresso depois de quase dez anos

    Volvidos quase dez anos, volto a assumir uma missão como enviado especial do Jornal dos Desportos, título para o qual escrevo desde o ano de 1997, e que nesse momento assumo o cargo de editor, depois de já ter sido sub-editor e correspondente provincial.

    Ler mais »

Ver todas »