Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Disputa acirrada

21 de Novembro, 2019
O campeonato nacional de futebol da primeira divisão, edição 2019/20, aproxima-se do desfecho da primeira volta. Uma primeira volta que, competitivamente falando, terá agradado a todos que, com alguma regularidade, acompanham a sua evolução. Assistiu-se a uma interessante disputa entre as equipas, sobretudo aquelas com atenção voltada à liderança.
Mais agradável ainda foi o surgimento entre aquelas que se embrenham na disputa do topo, de equipas que, por norma, estão mais focadas numa classificação, que não coloque em risco a sua continuidade na prova, quase sempre longe da refrega dos principais concorrentes.
Tem sido bom que equipas como Académica do Lobito e Recreativo do Libolo, tenham registado o crescimento competitivo que têm evidenciado. Pois, ao contrário, e olhando para a margem de diferença pontual entre o quarteto de frente e as outras equipas, teríamos “bar aberto” para militares e petrolíferos.
A ousadia da Académica do Lobito, sobretudo esta, já que o Libolo pelo sim pelo não, é de outro nível, tem vindo a mostrar quer ao 1º de Agosto, quer ao Petro de Luanda, que o campeonato não se vence com a facilidade que, certamente, esperavam. Mas superando a resistência de outros concorrentes, sendo este quesito que tem emprestado à prova uma pitada de qualidade.
Foi bom, por exemplo, a aparição dos estudantes do Lobito na liderança da prova. Apesar de ter sido sol de pouca dura, deu para mostrar que o campeonato não tem domínio absoluto de uns. Os dominadores existem sim, são tradicionais e poderosos, mas não se lhes pode conferir facilidades, e se tiverem que atingir os objectivos não podem fazê-lo de mãos beijadas.
É desejo de uns que apesar de ser arredado da liderança, na mesma a Académica não se deve deixar abater pelo desânimo. Deve manter a crença de que ela pode e é capaz, devendo manter a mesma determinação competitiva. Do quarteto da frente pode se manter, e escrever a sua História com letras brilhantes.
Desde já deve ficar claro, que qualquer que venha a ser o seu desempenho na segunda volta, já tem a manutenção na prova assegurada. Se o potencial não permitir continuar a lutar pelo título, permitirá, ao menos, fazer uma gestão inteligente da pontuação alcançada e andar longe da luta pela não descida de divisão.

Últimas Opinies

  • 19 de Março, 2020

    Escaldante Girabola

    O campeonato nacional de futebol da primeira divisão vai dobrando os últimos contornos. A presente edição, amputada face a desqualificação do 1º de Maio de Benguela, abeira-se do seu fim . Entretanto, do ponto de vista classificativo as coisas estão longe de se definirem. No topo, o 1º de Agosto e o Petro travam uma luta sem quartel pelo título.

    Ler mais »

  • 17 de Março, 2020

    Cartas dos leitores

    Estamos melhor do que nunca. A pressão é para as pessoas que não têm arroz e feijão para comer. Estamos sem pressão, temos todos bons salários e boas condições de trabalho. Estamos numa situação de privilégio e até ao último jogo tivemos apenas duas derrotas.

    Ler mais »

  • 17 de Março, 2020

    Jogos Olmpicos2020

    A suspensão de diferentes competições desportivas a nível mundial em função do coronavírus, já declarada pela OMS-Organização Mundial da Saúde como Pandemia, remete-nos, mais uma vez, a reflectir sobre a realização dos Jogos Olímpicos de Tóquio. Pelo menos até aqui, o COI-Comité Olímpico Internacional mantém de pé a ideia de realizar o evento nos prazos previstos.

    Ler mais »

  • 14 de Março, 2020

    FAF aquece com eleies

    Cá entre nós, o fim do ciclo olímpico, tal com é consabido, obriga, por imperativos legais, por parte das Associações Desportivas, de um modo geral e global, a realização de pleitos eleitorais para a renovação de mandatos.

    Ler mais »

  • 14 de Março, 2020

    Cartas dos Leitores

    Acho que o Estado deve velar por essas infra-estruturas.

    Ler mais »

Ver todas »