Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Egipto em projeco

27 de Maio, 2019
Depois de convocada, há coisa de uma semana, a pré-selecção nacional de futebol que vai competir a partir de 21 de Junho, no Campeonato Africano de Futebol das Nações, já tem esboçado o programa de trabalho com vista à ingente empreitada que o Egipto se propõe organizar.
Ouvido, de viva voz, o vice-presidente da Federação Angolana de Futebol, a equipa deixa o país no dia 30, portanto, na quinta-feira, com destino a Portugal, onde vai efectuar o estágio pré-competitivo, deve dispor de duas semanas e meia de intenso trabalho, para a aquisição de performances para as obrigações da prova.
Pelos vistos, a alteração do calendário da prova africana, que passa a partir da edição do presente ano a ter lugar em Junho/Julho, ao invés de Janeiro/Fevereiro, como era até então, veio em parte facilitar as coisas. Pois, com todos os campeonatos terminados, já não há inconvenientes, quanto à presença em tempo, dos atletas convocados.
Assim, Srdjan Vasiljevic conta com todas unidades convocadas, para desenvolver um trabalho sem embaraços. Pois, não se põe a questão de uns integrarem o grupo com atraso, em relação a outros, situação que na maior das vezes concorre para uma descoordenação na execução da estratégia de jogo ensaiada.
Assim, espera-se que as condições objectivas e subjectivas estejam criadas, para que o grupo disponha de preparação, que não fuja muito ao que eventualmente seja traçada pela equipa técnica. É bom saber, que a questão de jogos de preparação está também já acautelada, de resto, é necessário que se chegue à prova, com jogos nos pés.
Compete à selecção uma participação condigna. Ou seja, que fuja da crónica mediocridade de cair sempre na fase de grupos, nas sete participações anteriores, apenas em 2008, no Ghana e em 2010, em casa, Angola conseguiu evitar a queda na primeira fase. Ninguém espera por outra participação ruim, que em nada dignifica o bom nome do país.
Pelo menos, há indicadores de que as coisas estão a ser tratadas, em tempo oportuno. Resta esperar, que possamos colher bons resultados desta estratégia eficaz da FAF, e cheguemos ao Egipto preparados, física e psicologicamente, para encarar os adversários com espírito ganhador e fazer uma figura diferente. Melhor figura, dito por outras palavras...

Últimas Opinies

  • 07 de Abril, 2021

    Ida ao Mundial marcou o futebol

    Em 2018, a nossa selecção de futebol adaptado trouxe-nos o primeiro troféu de cariz Mundial, ao vencer o campeonato do Mundo.

    Ler mais »

  • 07 de Abril, 2021

    Ganhos que podem ir ao ralo

    A circulação de pessoas e bens, apesar das dificuldades das estradas, faz-se com segurança.

    Ler mais »

  • 05 de Abril, 2021

    Um toque ao desenvolvimento

    O país comemorou ontem mais um ano de paz. Foi a 4 de Abril de 2002 que a Nação angolana presenciou a cerimónia que marcou o fim de um período de guerra que deixou inúmeras cicatrizes.

    Ler mais »

  • 05 de Abril, 2021

    Os ganhos da nossa vaidade

    Ao assinalarmos 19 anos, desde que o país começou a desfrutar do alívio que só a paz proporciona, não há como não reconhecer os ganhos havidos no sector desportivo neste lapso de tempo.

    Ler mais »

  • 05 de Abril, 2021

    Um retrocesso em alguns casos

    O desporto foi o grande embaixador do país, algumas modalidades assumiram-se como verdadeiros porta-estandartes, dado os feitos protagonizados por algumas selecções nacionais.

    Ler mais »

Ver todas »