Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Emoes ao rubro

17 de Maio, 2014
Recreativo do Libolo-1º de Agosto jogam hoje para a final do BAI-Basket, que vai dobrando os últimos contornos. As emoções atingem o limite, tal é, pois, a condição classificativa das equipas que se esmeram na luta pelo título, ora reduzidas a apenas duas, as mesmas que se defrontam ao princípio da noite de hoje.

Com a equipa do Cuanza Sul a precisar apenas de duas vitórias para se alcandorar no lugar dourado do pódio e o 1º de Agosto crente ainda na revalidação, sobretudo depois da difícil vitória que obteve na quinta-feira sobre o Petro de Luanda, presume-se que o jogo de hoje venha a atingir níveis de disputa imprevisíveis. Não passa de uma final antecipada.

Afinal, se o Libolo ganhar solidifica o sonho de erguer o troféu, já que nesse caso fica a apenas uma vitória do êxito. A mesma leitura serve aos agostinos, que só se vencerem podem manter acesa a chama da esperança de chegar à revalidação. Portanto, vai ser aquele jogo em que a palavra "facilidade" não deve povoar a mente de qualquer dos adversários.

A expectativa entre os adeptos da modalidade é, de facto, enorme. Aliás, o BAI-Basket tornou-se já uma festa do povo, tendo por conseguinte conquistado a simpatia do público, muito por conta da qualidade do espectáculo que faz desfilar nos campos. Tanto assim é que, na sua ausência, nota-se que algo está a faltar ao convívio desportivo.

E é pena que a luta pelo título tenha sido reduzida a apenas duas equipas, depois do Petro de Luanda ter ficado irremediavelmente fora da corrida. Esta ponta final do torneio ia ficar mais apimentada se envolvesse uma terceira equipa na "guerrilha". Seja como for, Libolo e 1º de Agosto vão saber fazer as honras de casa.

Ainda assim, não se pense que Petro e Interclube estão aí para conceder facilidades. Desengane-se quem assim supuser. A sua prestação pode, até certo ponto, vir a ter uma grande influência no desfecho do campeonato. Afinal, não é por terem perdido o comboio para o título que se deixarão vergar facilmente nos jogos em falta. Eles vão, com certeza, manter o mesmo ritmo competitivo.

Libolo-1º de Agosto é, sem dúvida, o jogo de grande cartaz da jornada de hoje pelas razões já evocadas. De resto, é esperarmos que venha a ser, realmente, um jogo que corresponda às expectativas. Afinal, com a ausência cada vez mais acentuada da qualidade do futebol praticado no nosso principal campeonato, o basquetebol tem vindo a ser um escape no bom sentido.

Por outras palavras, podemos dizer que o campeonato entrou na curva apertada, em que as coisas começam a ficar clarificadas. Pois, jornada a jornada cada equipa concorrente faz as matemáticas da meta que lhe é possível atingir, ao mesmo tempo que a nível das respectivas direcções as atenções vão já dividir-se, com o pensamento na próxima temporada.
É o nosso Bai Basket no sprint final.

A partir daqui, para as duas equipas candidatas ficou reduzida a margem de erro. Enfim, temos a convicção que muita coisa ainda nos vai ser dado a ver nesta ponta final. O equilíbrio competitivo quase deixa as coisas em aberto. Os prognósticos, sejam de adeptos ou dos peritos na matéria, arriscam-se a falhar. Vale a pena esperar para ver.

Últimas Opinies

  • 20 de Julho, 2019

    Acesso ao Qatar

    Apesar da qualificação inédita numa fase final de um Mundial de Futebol, algo que ocorreu curiosamente em 2006, edição organizada pela Alemanha, a Selecção Nacional.

    Ler mais »

  • 20 de Julho, 2019

    O honroso sexto lugar do nosso hquei em patins

    A recente participação de Angola no Campeonato do Mundo de Hóquei em Patins, que decorreu em Barcelona, Espanha, e que o nosso país se classificou em sexto lugar.

    Ler mais »

  • 18 de Julho, 2019

    Cartas dos Leitores

    No nosso período pré competitivo, nesta segunda quinzena de Julho, já queria ir para uma paragem, onde tivesse campos e equipas para realizarmos jogos.

    Ler mais »

  • 18 de Julho, 2019

    Final interessante

    Um mês depois de fortes emoções vividas nos estádios e em outros espaços fora e longe dos centros de disputa,  vamos ter,  finalmente,  amanhã dia 19, o cair do pano da XXXII edição do Campeonato Africano das Nações de futebol, organizado pelo Egipto.

    Ler mais »

  • 18 de Julho, 2019

    A dvida de Akw

    O dia 8 de Outubro de 2005, ficará para sempre gravado na história do desporto angolano e do futebol em particular.

    Ler mais »

Ver todas »