Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Equipas ao trabalho

05 de Janeiro, 2014
Com efeito, é enorme a expectativa que gera este quadro, em função dos objectivos competitivos que são avançados pelos líderes das equipas. Em resumo, por aquilo que vamos ouvindo aqui e ali podemos prever um campeonato competitivamente forte, capaz de ser marcado por uma renhida disputa do princípio ao fim.

Notamos que o número de equipas que se acham em condições de lutar pelo título cresce de ano para ano. E hoje podemos olhar para um leque mais vasto, o que é extremamente salutar. Afinal andamos longe daquilo que era o quadro num passado recente, em que apenas duas equipas ostentavam o estatuto de verdadeiras candidatas ao título.

No Girabola'2014 teremos desde já um Kabuscorp do Palanca que, na condição de detentor do título, anda atrás da revalidação; um Recreativo do Libolo à procura do resgate da sua dignidade; um Interclube que promete o topo, e os tradicionais Petro e 1º de Agosto, inconformados certamente com o jejum que atravessam.

Portanto, está falado que o campeonato promete luta para homens de barba rija. Nesta altura, as equipas preparam as bagagens para partirem para estágios pré-época, quase todos, pelo menos das equipas citadas, a decorrer fora do país, onde encontram condições mais adequadas para o efeito, a partir do clima ao ambiente de estabilidade psicológica.

Como a prova tem vindo a crescer em termos de qualidade nas últimas edições, esperamos que a de 2014 seja melhor. Pois, a ambição competitiva que é evidenciada neste momento pressupõe, à partida, que podemos ter uma prova mais equilibrada em termos dos números classificativos, que se situe um pouco aquém do absolutismo de a equipa que ganha a prova fazê-lo sem qualquer oposição, como foi com o Recreativo do Libolo em 2012 e voltou a ser com o Kabuscorp em 2013.

Certo que a luta pelo segundo lugar tem salvado a graça do campeonato na ponta final, com o líder já consagrado campeão antecipado. Este quadro acaba por não ser positivo. E estamos certos, pela disposição das principais equipas, que não voltará a acontecer no Girabola'2014.

Últimas Opinies

  • 15 de Julho, 2019

    O real papel do gestor desportivo

    As funções de um gestor desportivo não são mais do que as funções de um gestor de empresas, adaptadas e ajustadas às particularidades de um clube ou federação desportiva.

    Ler mais »

  • 15 de Julho, 2019

    Quem explica o desporto angolano?

    O nosso desporto merece um estudo profundo, para se encontrar explicações que justifiquem os resultados que vai tendo.

    Ler mais »

  • 15 de Julho, 2019

    Cartas dos Leitores

    No nosso grupo (A),  somos a única selecção (Angola) que tem a sua primeira participação  a este nível. Canadá vai para a sua sétima, Nova Zelândia.

    Ler mais »

  • 15 de Julho, 2019

    Objectivo falhado

    Angola não conseguiu alcançar o objectivo preconizado no Mundial de Hóquei em Patins, que se disputou em Barcelona, Espanha, acabando por se quedar na sexta posição.

    Ler mais »

  • 13 de Julho, 2019

    Cartas dos Leitores

    Vamos entrar para o campeonato em cada jogo para ganhar, nós queremos começar bem, com o pé direito. Como sabem, já temos o calendário.

    Ler mais »

Ver todas »