Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Honrar o nome do pas

08 de Agosto, 2016
No passado dia 5 do corrente começou a maior festa desportiva do mundo, os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro de 2016. Angola tem estado presente desde a edição de 1980 realizada na então União Soviética.

Diferente de mundiais onde apenas uma modalidade é disputada, os Jogos Olímpicos, envolvem praticamente todas as modalidades existentes ou conhecidas a nível do globo. Consequentemente , nesta ocasiões desfilam os maiores e melhores atletas a nível do desporto mundial com excepção dos da Formula 1.

Isto implica dizer que não é fácil conseguir uma medalha neste tipo de competição. A historia destes jogos indicam claramente isto. Actualmente países como os Estados Unidos da América, Rússia e China são os grandes papões desta competição arrebatando o maior número de medalhas em disputas.

O nosso país este ano está a ser representado em andebol feminino, Tiro aos pratos, vela, judo, atletismo e outras modalidades individuais, mas em número muito reduzido. O andebol é a única modalidade colectiva que conseguimos apurar para estes Jogos do Rio 2016 e com poucas hipóteses de grandes conquistas.

No entanto, atendendo a grandeza do certame e como já nos referimos aos grandes papões do mundo do desporto colectivo como o basquetebol, andebol, futebol, e outras individuais, resta apenas esperar que os nossos atletas saibam representar com dignamente as cores do país.

A selecção nacional sénior feminina em andebol começou muito bem a sua participação ao vencer a sua concerne da Roménia por 23-19. Sabemos que a nossa selecção não irá muito longe. Mas a atitude mostrada no jogo diante da Roménia deve manter-se diante de todas as outras porque o mais importante para nós é que os nossos representantes saibam dignificar as cores do país.

Portanto, assim sendo, todos os atletas da nossa comitiva devem imbuir-se deste espírito para justificarem o seu apuramento e a confiança que a nação neles depositou.

Esperamos que a postura demonstrada pelas nossa meninas do andebol durante o confronto com a Roménia contagie todos os nossos representantes por forma a deixarmos uma imagem de verdadeiros desportistas e não de meros turistas.

Últimas Opinies

  • 17 de Agosto, 2019

    Girabola Zap periclitante

    A festa do futebol está de regresso. Com o retorno do Campeonato Nacional da I Divisão, vulgo Girabola Zap 2019/2020, a alegria do povo volta à ribalta e com ela a euforia, a competitividade.

    Ler mais »

  • 17 de Agosto, 2019

    De volta a febre pelo futebol!...

    Para a alegria dos seus aficionados, está de regresso a maior festa futebol nacional, o Girabola Zap. Uma prova que inflama paixões e leva alegria para os vários estádios espalhados pelo país.

    Ler mais »

  • 17 de Agosto, 2019

    Cartas dos Leitores

    Estamos mais preocupados com a integração dos novos atletas  e perceber qual o momento desportivo e a partir daqui,  entrar numa outra fase de desenvolvimento e novamente.

    Ler mais »

  • 17 de Agosto, 2019

    Baptismo do Wiliete

    Depois da abertura ontem da 42ª edição do Campeonato Nacional de Futebol da I Divisão, vulgo Girabola Zap, com o jogo Clube Desportivo da Huíla (CDH) - FC Bravos do Maquis.

    Ler mais »

  • 15 de Agosto, 2019

    Cartas dos Leitores

    Se até agora estivéssemos com as estratégias todas consolidadas, com os atletas em boa forma física e excelente dinâmica, podia também nalguns casos.

    Ler mais »

Ver todas »