Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinião

Liderança em jogo

20 de Agosto, 2016
No Girabola, poucas são as vezes em que uma jornada pode abrir caminho para uma determinada equipa ganhar espaço rumo à conquista do título.

Hoje as atenções gerais convergem para Calulo para o embate de campeões entre o Recreativo do Libolo e o 1º de Agosto, campeão em título e líder do campeonato, respectivamente.

Numa situação normal, este embate seria apenas mais um entre duas equipas que gostam de exibir o estatuto de campeões, tais são os títulos que ambas ostentam, com a formação militar mais à vontade, em termos de troféus conquistados no principal campeonato do país.

Acontece, porém que chegados a esta jornada, o resultado final pode clarificar alguma coisa, em termos de posicionamento das duas equipas, pois até à entrada desta jornada o conjunto militar tem reinado, embora com um percalço aqui e ali, tendo tido, inclusive, o privilégio de comandar com uma confortável vantagem de mais de oito pontos sobre o mais sério perseguidos.

É certo que esta tarde não teremos campeão, longe disso, por enquanto, mas uma vitória do Libolo vai alterar por completo o topo do campeonato, pois assegura a liderança da prova com os mesmos pontos que o rival e pela primeira vez o Girabola pode conhecer um novo comandante.

Contudo, um resultado desfavorável à turma de Calulo volta a dar ao 1º de Agosto a vantagem necessária para poder gerir mais à vontade os pontos que vai perfazer para chegar ao fim da caminhada como campeão nacional, depois de mais de uma época de um jejum frustrante para os seus adeptos e sócios.

Temos, pois, um cenário em que quem corre atrás do prejuízo é a formação de Calulo para a qual só um resultado interessa, a vitória, dado que uma igualdade mantém o 1º de Agosto na liderança, com os mesmos três pontos de vantagem sobre a mesma equipa com a qual mede forças esta tarde.

Calulo alberga assim um jogo de campeões. Com os olhos virados para o título, os dois emblemas proporcionam esta tarde o jogo de cartaz da jornada, em que, nunca é demais pedir fair-play de adeptos e contendores.

Libolo e 1º de Agosto têm potencial para oferecer um espectáculo à dimensão da sua grandeza, e não foi por mero acaso que os dois conjuntos ostentaram já o título de campeão nacional, algo por que correm, mais uma vez.

Últimas Opiniões

  • 25 de Maio, 2017

    FAF é a culpada do insucesso

    O Campeonato Africano das Nações de selecções.

    Ler mais »

  • 25 de Maio, 2017

    Citações

    Nós chamamos atletas que jogam com muita intensidade, são agressivos e bons no jogo aéreo, fizemos as nossas escolhas a pensar na maneira de jogar da equipa rival.

    Ler mais »

  • 25 de Maio, 2017

    Confiança no arranque

    O jogo com o Burkina Faso deve ser o primeiro de uma campanha, que vai compreender outros confrontos tanto em casa como fora, com as outras equipas com as quais reparte o grupo, Botswana e Mauritânia, mas que pode servir para aferir as potencialidades dos Palancas Negras, e esse seu desejode chegar longe nesta fase de apuramento para os Camarões 2019

    Ler mais »

  • 24 de Maio, 2017

    A ficção do desporto nacional prossegue

    “Que importância terá para Angola um milhão de desportistas nesta pobreza do estado das coisas do desporto? Teremos um milhão de crianças a correr a trás de uma bola, talvez, mas não desportistas. Nem atletas. A menos que o enquadramento desses números seja feito por pelo menos algum número de gente capaz, que forma mais gente capaz.”

    Ler mais »

  • 24 de Maio, 2017

    Citações

    O Jordin nesta altura está fora do elenco, mas como sabem, o processo não termina aqui. Há continuidade, tem outras qualificações no futuro, e ele vai ter de estar presente e  empenhar-se para futuramente integrar-se no grupo.

    Ler mais »

Ver todas »