Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinião

Liderança em jogo

20 de Agosto, 2016
No Girabola, poucas são as vezes em que uma jornada pode abrir caminho para uma determinada equipa ganhar espaço rumo à conquista do título.

Hoje as atenções gerais convergem para Calulo para o embate de campeões entre o Recreativo do Libolo e o 1º de Agosto, campeão em título e líder do campeonato, respectivamente.

Numa situação normal, este embate seria apenas mais um entre duas equipas que gostam de exibir o estatuto de campeões, tais são os títulos que ambas ostentam, com a formação militar mais à vontade, em termos de troféus conquistados no principal campeonato do país.

Acontece, porém que chegados a esta jornada, o resultado final pode clarificar alguma coisa, em termos de posicionamento das duas equipas, pois até à entrada desta jornada o conjunto militar tem reinado, embora com um percalço aqui e ali, tendo tido, inclusive, o privilégio de comandar com uma confortável vantagem de mais de oito pontos sobre o mais sério perseguidos.

É certo que esta tarde não teremos campeão, longe disso, por enquanto, mas uma vitória do Libolo vai alterar por completo o topo do campeonato, pois assegura a liderança da prova com os mesmos pontos que o rival e pela primeira vez o Girabola pode conhecer um novo comandante.

Contudo, um resultado desfavorável à turma de Calulo volta a dar ao 1º de Agosto a vantagem necessária para poder gerir mais à vontade os pontos que vai perfazer para chegar ao fim da caminhada como campeão nacional, depois de mais de uma época de um jejum frustrante para os seus adeptos e sócios.

Temos, pois, um cenário em que quem corre atrás do prejuízo é a formação de Calulo para a qual só um resultado interessa, a vitória, dado que uma igualdade mantém o 1º de Agosto na liderança, com os mesmos três pontos de vantagem sobre a mesma equipa com a qual mede forças esta tarde.

Calulo alberga assim um jogo de campeões. Com os olhos virados para o título, os dois emblemas proporcionam esta tarde o jogo de cartaz da jornada, em que, nunca é demais pedir fair-play de adeptos e contendores.

Libolo e 1º de Agosto têm potencial para oferecer um espectáculo à dimensão da sua grandeza, e não foi por mero acaso que os dois conjuntos ostentaram já o título de campeão nacional, algo por que correm, mais uma vez.

Últimas Opiniões

  • 17 de Agosto, 2017

    Noventa minutos de alto risco

    O Madagáscar é daquelas equipas que não se explicam totalmente pela táctica nem pela técnica.

    Ler mais »

  • 17 de Agosto, 2017

    Citações

    Falámos pouco dele durante a semana passada, mas foi um jogador muito importante.

    Ler mais »

  • 17 de Agosto, 2017

    Limar as arestas

    As angolanas efectuaram um estágio précompetitivo no Brasil durante cerca de duas semanas, disputaram um total de seis
    jogos de controlo, com realce para dois que realizaram com a selecção principal local, que permitiram ao seleccionador nacional tirar as
    devidas ilações de como está o grupo para grande empreitada.

    Ler mais »

  • 16 de Agosto, 2017

    Cartas dos Leitores

    À medida que a equipa cresce, crescem também as capacidades de ultrapassar as divergências

    Ler mais »

  • 16 de Agosto, 2017

    Palancas sem pausa

    Olha-se pelo giro dos ponteiros do relógio e vem a necessidade de procurar tirar maior partido do tempo no desenvolvimento de um trabalho sério e aturado que ajude a equipa a superar debilidades no campo e acertar nos detalhes essenciais

    Ler mais »

Ver todas »