Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Limar as arestas

17 de Agosto, 2017
ASelecção Nacional de basquetebol sénior feminina faz hoje o treino derradeiro, antes da estreia amanhã diante da congénere dos
Camarões, para o Campeonato Africano de Basquetebol, vulgo Afrobasket, que se disputa no Mali de 18 a 27 do corrente. Jaime
Covilhã e pupilas vão em conjunto limar as arestas para começarem a prova com o pé direito.

A respirar os ares de Bamako há três dias, a Selecção Nacional mostra-se motivada e competitivamente preparada para dar início
à caminhada, que espera levá-la à final e consequente conquista do Afrobasket do Mali, onde por sinal conquistou o primeiro título
dos dois que ostenta.

As angolanas efectuaram um estágio pré-competitivo na República Federativa do Brasil, durante cerca de duas semanas, disputaram
um total de seis jogos de controlo, com realce para dois que realizou com a selecção principal local, que permitiram ao seleccionador
nacional tirar as devidas ilações de como está o grupo para esta grande empreitada que arranca amanhã na capital maliana.

Depois do estágio em terras sulamericanas, o grupo regressou a Luanda para dar sequência à preparação e participou de um torneio
internacional com a presença de dois países, nomeadamente, República Democrática do Congo e Cabo Verde, que ajudaram a aquilatar a força competitiva do \"cinco\" nacional. No Mali, a Selecção Nacional está a acertar pequenos detalhes antes da estreia diante da vice -campeã africana, Camarões, que desta vez tudo vai fazer para chegar ao título.

Com as atenções viradas unicamente para o pódio, as pupilas da dupla Jaime Covilhã/Apolinário Paquete tudo vai fazer a partir de amanhã para não defraudar às expectativas dos amantes da modalidade e não só, que acreditam num bom desempenho da equipa nacional, apesar de na última presença não ficar entre os três primeiros, após dois campeonatos consecutivos como detentora do título.
Com a preparação principal basicamente feita, e com os aspectos de jogo já definidos, Selecção Nacional aguarda praticamente pelo
jogo de amanhã, que espera começar com uma vitória para motivar o grupo para os desafios seguintes, sobretudo o segundo,
diante da selecção anfitriã, um \"osso duro\" de roer, que tudo vai fazer para concretizar o slogan \"organizar para vencer\".

No Afrobasket do Mali, Angola está inserida no grupo A, ao lado das similares dos Camarões, Costa do Marfim, Tunísia e Mali. A
série é tida como difícil, mas isso não impede as angolanas de sonhar num bom campeonato, cuja meta como já foi frisado, é a conquista do título continental.

Últimas Opinies

  • 19 de Março, 2020

    Escaldante Girabola

    O campeonato nacional de futebol da primeira divisão vai dobrando os últimos contornos. A presente edição, amputada face a desqualificação do 1º de Maio de Benguela, abeira-se do seu fim . Entretanto, do ponto de vista classificativo as coisas estão longe de se definirem. No topo, o 1º de Agosto e o Petro travam uma luta sem quartel pelo título.

    Ler mais »

  • 17 de Março, 2020

    Cartas dos leitores

    Estamos melhor do que nunca. A pressão é para as pessoas que não têm arroz e feijão para comer. Estamos sem pressão, temos todos bons salários e boas condições de trabalho. Estamos numa situação de privilégio e até ao último jogo tivemos apenas duas derrotas.

    Ler mais »

  • 17 de Março, 2020

    Jogos Olmpicos2020

    A suspensão de diferentes competições desportivas a nível mundial em função do coronavírus, já declarada pela OMS-Organização Mundial da Saúde como Pandemia, remete-nos, mais uma vez, a reflectir sobre a realização dos Jogos Olímpicos de Tóquio. Pelo menos até aqui, o COI-Comité Olímpico Internacional mantém de pé a ideia de realizar o evento nos prazos previstos.

    Ler mais »

  • 14 de Março, 2020

    FAF aquece com eleies

    Cá entre nós, o fim do ciclo olímpico, tal com é consabido, obriga, por imperativos legais, por parte das Associações Desportivas, de um modo geral e global, a realização de pleitos eleitorais para a renovação de mandatos.

    Ler mais »

  • 14 de Março, 2020

    Cartas dos Leitores

    Acho que o Estado deve velar por essas infra-estruturas.

    Ler mais »

Ver todas »