Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Lista de convocadas

21 de Junho, 2014
A convocatória da selecção sénior feminina de basquetebol está na ordem do dia. Para a FAB, a lista de convocadas anunciadas pelo JD e JA, a semana passada, não é oficial. Isto é, não tem a mão do organismo reitor da modalidade.

Não vamos aqui dizer como conseguimos a convocatória, por uma questão de ética. Também porque não estaríamos a ser leais com a fonte que nos forneceu a lista de convocadas. Fonte essa que goza da maior credibilidade.

Um responsável da FAB disse que o seu organismo ainda não revelou a lista das jogadoras convocadas para o campeonato do Mundo, a ser disputado na Turquia. O mesmo responsável disse que a mesma só vai ser divulgada após o Torneio Internacional de Maputo, enquadrado nos festejos dos 39 anos de independência de Moçambique.

A lista de convocadas que o JD e o JA publicou é verídica, real. Ela corresponde aos anseios do seleccionador nacional, Aníbal Moreira. A grande questão está na ausência desta lista da MVP do campeonato passado e capitã do "cinco" nacional, a jogadora Nacisssela Maurício, do 1º de Agosto, para além de Catarina Camufal, atleta do Interclube.

A pressão vem de todo o quadrante desportivo do país. Para a maioria a ausência de Nacissela não se justifica, porque apesar de se estar a apostar na renovação da selecção, as duas atletas ainda têm muito para oferecer ao "cinco" nacional e era um estímulo para elas se fossem convocadas para os trabalhos de preparação para o Campeonato do Mundo na Turquia.

É para fugir a esta pressão que a federação de basquetebol diz que a lista divulgada não é real, não tem o seu cunho. Contudo, isto, nos próximos dias, pode ganhar novos contornos, já que, segundo a nossa fonte, o seleccionador nacional, Aníbal Moreira, não pretende contar com Camufal e muito menos com Nacisssela Maurício.

Aliás, pelo contributo que deram no Campeonato Africano, disputado em Moçambique, somos de opinião que o seleccionador nacional devia olhar mais para elas. Estão em fim de carreira, não negamos. Contudo, podem perfeitamente ser uma mais-valia para nossa selecção no Campeonato do Mundo.

O treinador nacional é soberano nas suas escolhas. E se ele não quer contar com as duas atletas, deve ter as suas razões. E devem ser muito fortes, porque tanto Nacissela Maurício como Catarina Camufal tiveram um papel preponderante na conquista do "Africano" de Maputo. A adicionar a tudo isto está o facto de a atleta e capitã do 1º de Agosto ter sido eleita a MVP do Campeonato.

Nenhum treinador deixa de contar com a pedra mais influente da sua equipa. Aquela que o substitui nas quatro linhas. Se a afastou do lote de convocadas é porque existe algo por detrás. E a FAB deve ter conhecimento disso. Só que está a ser pressionada. Esta é a verdade.

Últimas Opinies

  • 22 de Agosto, 2019

    O divrcio anunciado

    Não faz ainda muito tempo do anúncio do divórcio, entre o órgão reitor do futebol nacional e o então seleccionador nacional de honras, o sérvio Srdjan Vasiljevic, que ontem deixou o país.

    Ler mais »

  • 22 de Agosto, 2019

    Corrigir o mal no futebol (I)

    A semana passada terminei o artigo com a seguinte sentença: “(…) é importante mudar de estratégia

    Ler mais »

  • 22 de Agosto, 2019

    Mais um falso arranque do Interclube

    Para o desalento dos prosélitos do futebol sénior masculino, as cortinas do Girabola Zap, versão 2019/20, foram descerradas com máculas na jornada inaugural que, mais uma vez, põem em causa a capacidade organizativa da Federação Angolana de Futebol (FAF), que parece apostada numa competição em que é premiada a instituição que mais erros comete ao longo do “consulado”.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    O pas dos amigalhaos

    Foi recentemente anunciada a rescisão contratual do treinador Srdjan Vasilevic com a Federação Angolana de Futebol.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Como causar impacto atravs do marketing?

    De facto, para que se crie um impacto forte e eficaz através do marketing desportivo, é indispensável que os clubes e federações deem atenção ao formato comunicativo a ser utilizado.

    Ler mais »

Ver todas »