Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

ltima eliminatria

26 de Agosto, 2019
O 1º de Agosto e o Petro de Luanda, os dois embaixadores angolanos nas Afrotaças, confirmaram o passe para a última eliminatória de acesso a fase de grupo da Liga dos Campeões do continente. Desse modo, quer a formação do “Rio Seco”, quer a do Catetão, têm, assim, via aberta para a chegar à fase dos grupos desta maior prova de clubes das Confederação Africana de Futebol (CAF), bastando-lhes, para tal, transpor a próxima eliminatória. Para já, é um sonho legítimo para os dois emblemas angolanos que são “habitués” na competições sob égide do organismo reitor do futebol africano. O 1º de Agosto que na próxima eliminatória vai defrontar o Green Eagles da Zâmbia, tirou do caminho Kikoso Maalum Cha Kuzuia Magendo FC da Tânzânia, fruto das vitórias 4-0 no agregado das duas “mãos”, já que primeiro foi a Unguja, no arquipélago de Zanzibar impor-se com um triunfo de 2-0 e depois repetiu a proeza sábado último no Estádio 11 de Novembro.
Agora é importante que a equipa de Dragan Jovic começa já delinear estratégias para se impor sobre este Green Eagles da Zâmbia, que, obviamente, ostenta maiores argumentos do que o Kikoso Maalum da Tanzânia.
Portanto, depois de deixar para trás a formação tanzaniana, os campeões nacionais vão procurar travar o percurso do seu adversário da última eliminatória de acesso aos grupos, para daí tentar repetir a proeza da edição de 2018 em que atingiram as meias-finais. Para tal, a equipa tem de se apresentar bastante coesa a nível dos seus sectores.
Temos de acreditar na capacidade dos campeões nacionais que já provaram, em África, que têm capacidade para ombrear com as equipas do topo continental. O Petro, por seu turno deu também um passo à frente. Os comandados de Tony Cosano voltaram-se a impor-se ontem sobre a equipa do Matlama do Lesotho, um adversário que haviam já vencido por 2-0 no jogo da primeira “mão”, em Maseru.
No jogo de ontem, os tricolores do “Eixo-Viário” procuram apenas consolidar percurso vitorioso iniciado na casa do adversário, não dando qualquer facilidade à turma do Matlama, que não teve argumentos para travar a sua marcha. E ontem a vitória começou a desenhar-se aos 38 minutos, como golo de belo efeito que teve assinatura de Isack Mensah. Depois, na etapa complementar, Benvindo sentenciou o marcador aos 82 minutos, dando assim uma vitória aos tricolores de 4-0 no agregado das duas “mãos”.
Na próxima eliminatória a equipa do Catetão vai defrontar o Kampala City do Uganda, equipa que havia já cruzado com o 1º de Agosto nesta maior prova de clubes de CAF.

Últimas Opinies

  • 19 de Setembro, 2019

    Capitalizar os Capitas

    Está na baila o que adjectivo por “Caso Capita”, que até onde sei envolve a direcção do Clube Desportivo 1º de Agosto, o agente do jogador, a Federação Angolana de Futebol e a família de sangue do referido atleta, que até prova em contrário, ainda está vinculado ao clube militar, que o inscreveu para a presente época futebolística.

    Ler mais »

  • 19 de Setembro, 2019

    Cartas dos Leitores

    Sinto-me bem na província da Lunda-Norte. As pessoas têm sido fantásticas comigo, em todos os aspectos. Têm-me apoiado bastante e, naturalmente, os jogadores, direcção e todos os membros do clube.

    Ler mais »

  • 19 de Setembro, 2019

    Pensamento de Drogba

    Considerando que a vida é feita de sonhos e ambições, é de todo legítimo o pensamento do antigo internacional costa-marfinense Didier Drogba, em traçar como meta das suas ambições, enquanto homem do futebol, a presidência da Federação Costa-marfinense de Futebol.

    Ler mais »

  • 16 de Setembro, 2019

    O lado difcil do marketing desportivo

    "Do jeito que vocês estão a trabalhar, o marketing desportivo em Angola, muito abaixo da linha da cintura, creio que este é o pior momento possível para se apostar no sector”, desabafou um especialista brasileiro, numa conversa mantida recentemente em ambiente reservado, com um pequeno grupo de jovens empreendedores, que "sonham" fazer grandes negócios através do marketing desportivo.

    Ler mais »

  • 16 de Setembro, 2019

    Cartas dos Leitores

    O Sagrada é um clube com carisma, mística e sente-se isso na província, quer no dia-a-dia com os adeptos, quer no contacto com as pessoas.

    Ler mais »

Ver todas »