Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

O drbi de todos

10 de Setembro, 2017
A rivalidade entre os dois emblemas não é de hoje e, ao longo do tempo, ganhou proporções que em determinado período deu lugar a um convívio pouco abonatório para duas agremiações que orgulham-se de ter mais títulos no país, com primazia dos petrolíferos.

O futebol gera paixões e tanto o 1º de Agosto como o Petro de Luanda movimentam adeptos e fica sempre um clima de indecisão em relação as contentas entre os dois conjuntos pois, nem sempre melhor posicionado ou o que melhor futebol pratica, acaba como vencedor no dérbi.

Os dois maiores emblemas do país voltam a encontrar-se esta tarde no 11 de Novembro, em mais um dérbi apetecível que, mesmo sem ter o condão de definir alguma coisa em termos de títulos, vai arrastar, decerto, muito público ao estádio.

As conversas em torno do jogo começaram logo no início da semana e ganharam corpo após o Petro de Luanda assumir a liderança da prova com mais dois pontos que o rival, no culminar de jogos em atraso que tinha por cumprir.

emos assim num extremo uma formação petrolífera a pensar em esticar a corda e encurtar o caminho para o título com uma vitória no jogo de hoje e noutro um conjunto militar que minimiza a diferença pontual que tem relação ao adversário, e que espera voltar à liderança com uma vitória.

Posições legítimas das duas formações. Na luta pela conquista do troféu que agora se restringe aos dois, nada ainda está definido, porque ainda há muito campeonato por disputar-se.

Dos dois lados há um discurso optimista, de vitória. Nada mais elementar para dar mais vida ao próprio dérbi, porque as equipas mostram que sabem jogar, também, com os aspectos psicológicos.

Mesmo sem decidir nada o jogo desta tarde é de risco, pelo que se pede o comedimento nas palavras de todos, jogadores, treinadores, dirigentes e adeptos.

O não dérbi não deve ser incendiado por expressões susceptíveis de criar conflitos, dentro e fora do recinto de jogos.

Hoje a festa da bola deve vir ao de cima porque há em perspectiva um grande espectáculo de futebol.

Últimas Opinies

  • 23 de Março, 2019

    Agora que venha o CAN do Egipto!

    Que venha agora o CAN do Egipto! Sim, que  venha o Campeonato Africano das Nações porque a fase de qualificação ficou já para atrás. 

    Ler mais »

  • 23 de Março, 2019

    Cartas dos Leitores

    Estou aqui para trabalhar. É uma realidade nova para mim. Nunca estive em África.

    Ler mais »

  • 23 de Março, 2019

    Angola est no Egipto

    O país acordou, hoje, na ressaca da explosão festiva resultante da qualificação da selecção nacional de futebol, ao Campeonato Africano das Nações, a disputar-se em Junho e Julho, no Egipto.

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    Amanh um "tudo ou nada

    Amanhã é uma espécie de Dia D, para nós, e tal fica a dever-se aos ‘’Palancas Negras’’

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    Um regresso depois de quase dez anos

    Volvidos quase dez anos, volto a assumir uma missão como enviado especial do Jornal dos Desportos, título para o qual escrevo desde o ano de 1997, e que nesse momento assumo o cargo de editor, depois de já ter sido sub-editor e correspondente provincial.

    Ler mais »

Ver todas »