Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

O ms do Encontro Nacional

10 de Junho, 2015
Numa altura em que os Palancas Negras preparam a primeira cartada das eliminatórias de qualificação para o CAN-2017, chegámos ao mês de Junho, período indicado para a Conferência Nacional sobre o Futebol proposto pelo Ministério da Juventude e Desportos, com o objectivo de encontrar o caminho certo para um melhor desenvolvimento da modalidade no país.

A expectativa da realização dessa cimeira do futebol nacional é enorme, desde o momento do seu anúncio no ano passado na voz da titular da estrutura ministerial para a política desportiva nacional, Gonçalves Muandumba, que preocupado com as duas últimas participações dos Palancas Negras no CAN, achou por bem convocar um Encontro Nacional.

Apesar dos vários encontros preliminares com vários agentes da modalidade, até ao momento, ainda não se sabe qual vai ser a agenda da Conferência Nacional, embora se acredite que vai fazer uma abordagem transversal a todos os problemas que afligem e emperram a massificação e desenvolvimento do futebol internamente.

Diversos subsídios foram fornecidos à comissão organizadora, pelos diferentes agentes através das reuniões de auscultação, que decorreram por todo o país, com dirigentes, técnicos, árbitros, jornalistas e outros agentes ouvidos com a finalidade de apresentarem as suas contribuições. Acreditamos, que daí saíram importantes recomendações, ainda que não vinculativas sirvam de base para a agenda do Encontro Nacional, que se espera proveitoso e supere os receios de muitos, que não crêem que o conclave venha a produzir resultados palpáveis.

Oxalá, as reuniões preliminares tenham sido inclusivas, não fechadas a pessoas ligadas à modalidade ou ao desporto, pois outras sensibilidades com o saber e experiência podem emprestar valiosos subsídios.

Caso não tenha acontecido discussão abrangente nos encontros provinciais ou sectoriais, ainda é possível sanar a falta por altura da realização do magno Encontro, pois o futebol como modalidade mais popular não deve fechar-se, nem aceitar só a opinião ou contributo dos seus agentes. Não se quer dizer com isso, que qualquer pode ou dever participar no Encontro. Nada disso, não se pretende uma reunião populista.

É possível conceber uma rigorosa selecção de pessoas ligadas ao futebol e outras com uma vasta experiência em outras áreas, que podem transmitir mais-valias através de exercício comunicacional que veiculem no final importantes resultados. Chegados ao tão esperado mês, resta aguardar pela data do Encontro Nacional na expectativa de que os agentes convidados para o certame, possam ajudar o Ministério da Juventude e Desportos e a FAF a levarem o nosso futebol a bom porto.

Últimas Opinies

  • 21 de Março, 2019

    Um regresso depois de quase dez anos

    Volvidos quase dez anos, volto a assumir uma missão como enviado especial do Jornal dos Desportos, título para o qual escrevo desde o ano de 1997, e que nesse momento assumo o cargo de editor, depois de já ter sido sub-editor e correspondente provincial.

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    A eliminao do Petro e o tal patriotismo

    Terminada a participação Petro de Luanda, na Taça Nelson Mandela, é normal que por esta altura, esteja a ser feita uma profunda reflexão em torno da participação na referida competição africana, nos mais diversos aspectos que ela comporta, sem descorar, portanto, a (des) continuidade do técnico Beto Bianchi, que mais uma vez não conseguiu o troféu de uma competição em que esteve envolvido. 

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    Palancas Negras de olhos no Egipto

    A Selecção Nacional de futebol honras, vulgo Palancas Negras, só depende de si para chegar à fase final do Campeonato Africano das Nações (CAN) de 2019, que vai ser disputado no Egipto.

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    Cartas dos Leitores

    Procuramos fazer tudo para vencer o jogo, mas não conseguimos, porque o adversário  (Recreativo do Libolo) foi competente e inteligente, assim como conseguiu aproveitar as nossas falhas defensivas e, em lances de bolas paradas, marcaram os dois golos.

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    Zebras para domar...

    A Selecção Nacional de futebol de honras, às ordens do sérvio Srdjan Vasiljevic, decide amanhã, em Franciston, Botswana, a qualificação para o Campeonato Africano das Nações (CAN), que o Egipto acolhe de 19 de Junho a 21 de Julho deste ano.

    Ler mais »

Ver todas »