Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Palancas com tarefa difcil

17 de Outubro, 2015
A Selecção Nacional de futebol, Palancas Negras, começa a definir esta tarde, em Joanesburgo a rota que deverá seguir no apuramento ao CHAN do Ruanda do próximo ano, quando jogar os primeiros noventa minutos da eliminatória derradeira com a África do Sul.

Os jogos com os sul-africanos têm sido bastante complicados para o conjunto nacional, e a aposta do conjunto visitado é tentar resolver a eliminatória neste jogo em sua casa. Os sul-africanos tiveram uma preparação cuidado, com vários amistosos à mistura e é suposto que queiram marcar presença na fase final desta competição reservada, apenas, a jogadores que evoluem nas ligas locais dos respectivos países.

Os Palancas Negras têm boas memórias desta competição, na qual foram finalistas vencidos na edição que o Sudão albergou, com o técnico Lito Vidigal como seleccionador nacional.

Uma edição que serviu para aquilatar o valor dos jogadores que jogam no Girabola, e que souberam, de facto, dignificar as cores nacionais, quando defrontaram os tunisinos que evoluem num campeonato mais competitivo.

Chegar a mais edição da fase final é uma aposta que os jogadores angolanos podem levar a sério, uma vez que CHAN não deixa de ser uma mostra, em que alguns jogadores podem sobressair.

Romeu Filemon convocou os jogadores que na sua opinião estão em melhor forma desportiva. O primeiro jogo é sempre difícil, mais a mais quando se joga fora de casa, diante de um adversário que também tem fortes ambições, e que espera tirar partido do factor casa para conseguir um resultado que lhe garanta, no segundo desafio, jogar sem muitas dores de cabeça.

Os angolanos estão em território sul-africano desde a passada segunda-feira, para um mínimo estágio de adaptação ao clima local, em que a altitude é sempre adversa para os visitantes.

O Girabola proporcionou o surgimento de novos valores que o seleccionador Romeu Filemon fez questão de convocar para esta empreitada, tal como o jovem guarda-redes Gâncio, que vive a sua primeira experiência com o conjunto nacional.

Angola precisa hoje de fazer um jogo calculista, sem receio dos sul-africanos. Nestas eliminatórias, o essencial é evitar golos na própria baliza, ao mesmo tempo em que é preciso que o ataque seja activo.

Estes primeiros noventa minutos são, pois, de extrema importância para o apuramento de qualquer uma das selecções. Angola tem consciência das suas potencialidades, e sabe também que pode chegar ao objectivo traçado no cômputo das duas "mãos".

Últimas Opinies

  • 21 de Março, 2019

    Um regresso depois de quase dez anos

    Volvidos quase dez anos, volto a assumir uma missão como enviado especial do Jornal dos Desportos, título para o qual escrevo desde o ano de 1997, e que nesse momento assumo o cargo de editor, depois de já ter sido sub-editor e correspondente provincial.

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    A eliminao do Petro e o tal patriotismo

    Terminada a participação Petro de Luanda, na Taça Nelson Mandela, é normal que por esta altura, esteja a ser feita uma profunda reflexão em torno da participação na referida competição africana, nos mais diversos aspectos que ela comporta, sem descorar, portanto, a (des) continuidade do técnico Beto Bianchi, que mais uma vez não conseguiu o troféu de uma competição em que esteve envolvido. 

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    Palancas Negras de olhos no Egipto

    A Selecção Nacional de futebol honras, vulgo Palancas Negras, só depende de si para chegar à fase final do Campeonato Africano das Nações (CAN) de 2019, que vai ser disputado no Egipto.

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    Cartas dos Leitores

    Procuramos fazer tudo para vencer o jogo, mas não conseguimos, porque o adversário  (Recreativo do Libolo) foi competente e inteligente, assim como conseguiu aproveitar as nossas falhas defensivas e, em lances de bolas paradas, marcaram os dois golos.

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    Zebras para domar...

    A Selecção Nacional de futebol de honras, às ordens do sérvio Srdjan Vasiljevic, decide amanhã, em Franciston, Botswana, a qualificação para o Campeonato Africano das Nações (CAN), que o Egipto acolhe de 19 de Junho a 21 de Julho deste ano.

    Ler mais »

Ver todas »