Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Preparar a Tunsia

15 de Maio, 2015
Estamos num ano em que o basquetebol tem maior responsabilidade no plano competitivo internacional. É evidente que existem também competições a nível de outros desportos, como é o caso do hóquei em patins e o andebol que estarão nos campeonatos do mundos. Porém, o basquetebol sénior masculino tem , sem dúvida, maiores obrigações em face dos seu status.

Com efeito, trabalha-se sério a nível da observação de atletas, sendo o seleccionador uma unidade nova que precisa avaliar os atletas um a um até eleger o seu grupo de confiança. Moncho Lopez e seus coadjuvantes não regateiam esforços na pesquisa que vêm fazendo mais a mais agora que se aproxima o mês da competição que se disputa na Tunísia.

O trabalho desenvolvido ate a presente data, embora com muitas intermitências, pode ser classificado de positivo pelos resultados que se vêm obtendo. Pois é preciso levar os melhores jogadores em face daquilo que se espera venha a ser o torneio, sobretudo em face do potencial da selecção anfitriã a única que em 2011, em Antananarivo conseguiu interromper o ciclo vitorioso do "cinco" angolano.

Não é leve a responsabilidade que pesa sobre Moncho Lopez, um treinador com uma rica folha de serviço. Trata-se de uma ingente missão, porque comanda a selecção campeã africana, aquela que para as demais selecções é uma espécie de alvo a abater. O resgate do título é desde já uma obrigação, o que eleva a responsabilidade que pesa sobre si.

Ele e seus pupilos terão de estar cientes daquilo que constitui a sua obrigação e prometerem tudo fazer para corresponder a esta exigência do país. Isto está reflectido no esforço que vem sendo conjugado por todas as partes interessadas numa boa prestação de Angola, nomeadamente comissão técnica e Federação Angolana de Basquetebol. Trata-se de uma entrega que transmite confiança num campeonato auspicioso.

Até Agosto tomar conta do calendário ainda resta algum tempo, que pensamos, é suficientemente aproveitado para um trabalho profundo, sério e aturado que seja capaz de dotar a equipa de argumentos técnicos suficientes para o nível que pretende atingir e poder fazer face aos adversários que tem pela frente.

O "play off" do BIC Basket, que arranca no próximo dia 19, ajuda o seleccionador nacional na escolha das unidades certas nos lugares certos para a definição daquilo que também se espera venha a ser a selecção certa. Pois, nem todos aqueles que integraram a última selecção terão lugar na selecção para Tunisia'2015.

Claro está que, por aquilo que configura o nosso mercado basquetebolístico as mudanças serão poucas. Mas poderão ocorrer em face daquilo que os jogadores, em defesa das respectivas equipas, ousarem apresentar na ponta final do campeonato nacional em que apenas quatro equipas chegaram.

Últimas Opinies

  • 18 de Março, 2019

    Cartas dos Leitores

    Temos de nos preparar bem para o jogo que será decisivo e estou convicto que iremos fazer este trabalho em conjunto, não temos muito tempo, agurada-nos um trabalho sério contra uma selecção que perdeu todas as partidas.

    Ler mais »

  • 18 de Março, 2019

    L se foi o sonho...

    O Petro de Luanda, até ontem o único sobrevivente angolano nas Afrotaças, não conseguiu evitar a derrota frente ao Gor Mahia FC do Quénia, em Nairobi, num jogo em que estava “condenado” a não desperdiçar, na totalidade, os pontos em discussão.

    Ler mais »

  • 18 de Março, 2019

    Os estreantes e o ritual de integrao

    Igor Vetokele regressa aos Palancas Negras, depois de muito tempo.

    Ler mais »

  • 16 de Março, 2019

    Cartas dos Leitores

    Eu já vi três vezes o jogo, muito sinceramente deu para ver alguma coisa na atitude e reacção de certos jogadores.

    Ler mais »

  • 16 de Março, 2019

    Operao Botswana

    A Selecção Nacional de futebol em honras concentra-se amanhã, a noite, tendo em vista a derradeira jornada do Grupo I da campanha para o Campeonato Africanos das Nações deste ano, a decorrer entre 21 de Junho e 19 de Julho no Egipto.

    Ler mais »

Ver todas »