Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Prontos para o pr-olmpico

04 de Julho, 2016
A Selecção Nacional sénior masculino de basquetebol começa a competir a partir de amanhã no torneio pré-olímpico que tem como palco a Sérvia, uma competição em que os angolanos participam com ambições modestas, sem colocarem de parte , porém, o sonho de chegar longe, consoante as etapas da própria prova.

A pretensão do combinado nacional marcar presença, mais uma vez, na maior cimeira olímpica do mundo como representando africano apurado directamente, começou a ficar ofuscada após a perda do título continental no último campeonato africano para a Nigéria.

Ao longo de muitos anos Angola esteve sempre presente, por mérito próprio, mas desta feita as coisas não correram como o desejado, sendo a altura própria para se pensar no futuro da selecção nacional com o devido rejuvenescimento.

A competição da Sérvia é complicada para o "cinco" nacional. Angola está no grupo do país anfitrião que tem ambições de chegar ao Rio de Janeiro, bem como de Porto Rico, uma equipa com grandes pergaminhos ao nível do basquetebol mundial.

O órgão reitor da modalidade no país, bem como a equipa técnica da selecção assentaram para essa empreitada uma estratégia que passa por apresentar bom basquetebol, começando por dar mais rodagem aos jovens que agora foram seleccionados para que o país possa surgir no próximo campeonato africano como candidato à conquistado troféu continental.

O treinador Carlos Dinis, que mais uma vez volta a comandar Angola, depois de ter conquistado o torneio de basquetebol dos Jogos Africanos, conhece bem alguns dos jogadores que estão no país para a disputa do torneio.

No grupo de atletas que estão Belgrado surgem quatro estreantes que conseguiram suplantar jogadores consagrados como Armando Costa e Olímpio Cipriano, um indício claro da renovação que se pretende no conjunto, a pensar claramente no futuro.

Angola faz a sua estreia diante de Porto Rico, numa partida em que sem pressão pode sonhar com um bom jogo, e termina o grupo frente ao conjunto sérvio.

Dois encontros com dificuldades à partida visíveis para os pupilos de Carlos Dinis, mas que devem ser encarados sem qualquer espírito derrotista. Mesmo tendo conhecimento do poderio destes dois adversários, o seleccionado nacional deve pensar num jogo logo a seguir ao outro.

Angola pode não marcar presença no torneio de basquetebol dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, mas pode criar as bases para voltar a ter a hegemonia continental que deteve durante largos anos.

Últimas Opinies

  • 21 de Março, 2019

    Um regresso depois de quase dez anos

    Volvidos quase dez anos, volto a assumir uma missão como enviado especial do Jornal dos Desportos, título para o qual escrevo desde o ano de 1997, e que nesse momento assumo o cargo de editor, depois de já ter sido sub-editor e correspondente provincial.

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    A eliminao do Petro e o tal patriotismo

    Terminada a participação Petro de Luanda, na Taça Nelson Mandela, é normal que por esta altura, esteja a ser feita uma profunda reflexão em torno da participação na referida competição africana, nos mais diversos aspectos que ela comporta, sem descorar, portanto, a (des) continuidade do técnico Beto Bianchi, que mais uma vez não conseguiu o troféu de uma competição em que esteve envolvido. 

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    Palancas Negras de olhos no Egipto

    A Selecção Nacional de futebol honras, vulgo Palancas Negras, só depende de si para chegar à fase final do Campeonato Africano das Nações (CAN) de 2019, que vai ser disputado no Egipto.

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    Cartas dos Leitores

    Procuramos fazer tudo para vencer o jogo, mas não conseguimos, porque o adversário  (Recreativo do Libolo) foi competente e inteligente, assim como conseguiu aproveitar as nossas falhas defensivas e, em lances de bolas paradas, marcaram os dois golos.

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    Zebras para domar...

    A Selecção Nacional de futebol de honras, às ordens do sérvio Srdjan Vasiljevic, decide amanhã, em Franciston, Botswana, a qualificação para o Campeonato Africano das Nações (CAN), que o Egipto acolhe de 19 de Junho a 21 de Julho deste ano.

    Ler mais »

Ver todas »