Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Regresso dos estgios

09 de Fevereiro, 2015
Com o início do Girabola/2015 a aproximar-se, as equipas que realizaram as campanhas de pré-época no exterior estão a regressar ao país. Petro (África do Sul), Benfica de Luanda (Portugal), Interclube (África do Sul), Kabuscorp ( Portugal) e 1º de Agosto (África do Sul), já desembarcaram e preparam as estreias na competição em solo nacional.Valeu a pena esses estágios no exterior? Estão melhor preparadas em relação às que realizaram as pré-épocas em território nacional? É difícil de momento fazer um balanço. Mas no final do Girabola, vamos certamente poder dizer com exactidão se foi ou não benéfico, em função do que elas produzirem.

Uma das equipas que fizeram o estágio pré-competitivo no país, foi o Bravos do Maquis, que permaneceu cerca de um mês em Benguela. Ontem, a equipa maquisarde dirigida por Victor Manuel regressou ao Moxico, com um saldo de quatro vitórias e uma derrota.Na cidade do Luena, o Bravos do Maquis vai começar a “montar a estratégia” para a recepção a Académica do Lobito, adversário de estreia na prova, no próximo dia 14 do corrente. Amanhã, a equipa maquisarde vai apresentar o plantel à massa associativa, adeptos e população do Moxico, numa cerimónia a decorrer no estádio Mundunduleno, palco oficial dos “azuis e branco”.

Tanto as equipas que realizaram os seus estágios de pré-época no exterior, como as que fizeram no país os trabalhos de preparação, almejam atingir as metas traçadas pelas respectivas direcções. Algumas almejam o título, como por exemplo, o Recreativo do Libolo, o Kabuscorp, o 1º de Agosto e mesmo o Petro de Luanda, apesar do seu presidente dizer que esta época o objectivo não passa por aí.Aliás, um dos candidatos assumidos, o 1º de Agosto, pela voz do seu técnico adjunto, Filipe Nzanza, realçou este objectivo. “O 1ºde Agosto está preparado para encarar o Girabola e tudo vai fazer para conquistar a edição, visto que desde 2006 que não vence o campeonato nacional”, disse sem papas na língua.

A prática tem demonstrado que nem sempre os objectivos traçados são cumpridos. Todas querem levantar o troféu no final da competição. Um objectivo, aliás legítimo, diga-se. Contudo, só uma equipa pode vir a dar-se a esse luxo. Oficialmente, a prova abre na próxima quarta-feira, quando o campeão destronado, o Kabuscorp, receber nos Coqueiros o Recreativo da Caála. Uma jornada manchada por ser disputada em vários dias. Aliás, a primeira jornada deve ser concluída apenas no dia 28 de Março (!), quando o 1º de Agosto receber o campeão em título, o Recreativo do Libolo. A prova está aí, para satisfação dos amantes do futebol que passam a ter espaço para as horas livres ou ociosas.

Últimas Opinies

  • 21 de Março, 2019

    Um regresso depois de quase dez anos

    Volvidos quase dez anos, volto a assumir uma missão como enviado especial do Jornal dos Desportos, título para o qual escrevo desde o ano de 1997, e que nesse momento assumo o cargo de editor, depois de já ter sido sub-editor e correspondente provincial.

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    A eliminao do Petro e o tal patriotismo

    Terminada a participação Petro de Luanda, na Taça Nelson Mandela, é normal que por esta altura, esteja a ser feita uma profunda reflexão em torno da participação na referida competição africana, nos mais diversos aspectos que ela comporta, sem descorar, portanto, a (des) continuidade do técnico Beto Bianchi, que mais uma vez não conseguiu o troféu de uma competição em que esteve envolvido. 

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    Palancas Negras de olhos no Egipto

    A Selecção Nacional de futebol honras, vulgo Palancas Negras, só depende de si para chegar à fase final do Campeonato Africano das Nações (CAN) de 2019, que vai ser disputado no Egipto.

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    Cartas dos Leitores

    Procuramos fazer tudo para vencer o jogo, mas não conseguimos, porque o adversário  (Recreativo do Libolo) foi competente e inteligente, assim como conseguiu aproveitar as nossas falhas defensivas e, em lances de bolas paradas, marcaram os dois golos.

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    Zebras para domar...

    A Selecção Nacional de futebol de honras, às ordens do sérvio Srdjan Vasiljevic, decide amanhã, em Franciston, Botswana, a qualificação para o Campeonato Africano das Nações (CAN), que o Egipto acolhe de 19 de Junho a 21 de Julho deste ano.

    Ler mais »

Ver todas »