Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Sagrada testa o lder

26 de Agosto, 2017
Militares e diamantíferos protagonizam amanhã em Luanda, a partida de maior cartaz da 22ª jornada da competição. Trata-se de um \"tira teimas\" que pode implicar mudanças nas contas das equipas do topo. Embora uma delas, o 1º de Agosto, se assumiu desde o início como candidata ao título, em termos matemáticos as duas estão em condições de ostentar no final a coroa de campeã.

Os militares defendem o título conquistado no passado, dos potenciais concorrentes como o Petro de Luanda, seu rival, Kabuscorp do Palanca e Recreativo do Libolo, embora estas com poucas hipóteses dado o desempenho competitivo que revelam de um tempo a esta parte.

As duas equipas atravessavam bom momento antes da interrupção do Girabola, para os dois jogos da Selecção Nacional, referentes à última eliminatória de acesso ao CHAN. Caso mantenham o ritmo competitivo, então, é um dado adquirido o jogo empolgante no Estádio do Dundo. Os dois emblemas estão em condições de proporcionar bons momentos de futebol aos ferrenhos, que são adeptos da modalidade naquela parcela do território nacional.

Os militares estão motivados em continuar na frente da liderança, e tudo vão fazer por lá se mantiverem dada a proximidade do Petro de Luanda que está a três pontos, e ainda tem dois jogos em atraso. Vê-se, claramente, que o líder do Girabola não tem alternativa se não sair do 11 de Novembro com os três pontos na bagagem, sob pena de começar a ver ameado o objectivo.

Numa altura em que a competição entrou na fase em que é proibido perder pontos, augura-se uma partida carregada de emoções, e que corresponda à dimensão das duas equipas, que já lograram conquistar o principal campeonato de futebol do país.

Se por um lado o 1º de Agosto tenta manter-se na senda das vitórias, deve somar mais uma para manter a diferença pontual em relação à concorrência, por outro, o Sagrada Esperança vai querer tirar partido do facto de jogar em casa para tentar travar a equipa de Dragan Jovic.

O resultado é de desfecho imprevisível, prevê-se certo equilíbrio que normalmente tende a dominar os jogos entre equipas mais ou menos equiparadas. É, por isso mesmo, um tanto arriscado atribuir favoritismo à uma delas. A ver vamos, o que nos reserva o embate.

Últimas Opinies

  • 19 de Março, 2020

    Escaldante Girabola

    O campeonato nacional de futebol da primeira divisão vai dobrando os últimos contornos. A presente edição, amputada face a desqualificação do 1º de Maio de Benguela, abeira-se do seu fim . Entretanto, do ponto de vista classificativo as coisas estão longe de se definirem. No topo, o 1º de Agosto e o Petro travam uma luta sem quartel pelo título.

    Ler mais »

  • 17 de Março, 2020

    Cartas dos leitores

    Estamos melhor do que nunca. A pressão é para as pessoas que não têm arroz e feijão para comer. Estamos sem pressão, temos todos bons salários e boas condições de trabalho. Estamos numa situação de privilégio e até ao último jogo tivemos apenas duas derrotas.

    Ler mais »

  • 17 de Março, 2020

    Jogos Olmpicos2020

    A suspensão de diferentes competições desportivas a nível mundial em função do coronavírus, já declarada pela OMS-Organização Mundial da Saúde como Pandemia, remete-nos, mais uma vez, a reflectir sobre a realização dos Jogos Olímpicos de Tóquio. Pelo menos até aqui, o COI-Comité Olímpico Internacional mantém de pé a ideia de realizar o evento nos prazos previstos.

    Ler mais »

  • 14 de Março, 2020

    FAF aquece com eleies

    Cá entre nós, o fim do ciclo olímpico, tal com é consabido, obriga, por imperativos legais, por parte das Associações Desportivas, de um modo geral e global, a realização de pleitos eleitorais para a renovação de mandatos.

    Ler mais »

  • 14 de Março, 2020

    Cartas dos Leitores

    Acho que o Estado deve velar por essas infra-estruturas.

    Ler mais »

Ver todas »