Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Seleco convocada

13 de Março, 2016
A Selecção Nacional começa na próxima semana a preparar os jogos referentes à dupla jornada (terceira e quarta) com a República Democrática do Congo das eliminatórias de acesso à fase final do Campeonato Africao das Nações (CAN) a disputar-se no próximo ano no Gabão.

O seleccionador nacional convocou na sexta-feira o grupo de trabalho, no qual o destaque recai para a chamada do avançado do Marítimo de Portugal, Pana.

De resto, José Kilamba não fugiu dos "habitués", quer em relação aos jogadores do Girabola, quer aos que actuam no estrangeiro, seguindo as peugadas do seu antecessor Romeu Catato Filemon.

Com os jogos marcados para os dias 23 e 27 do corrente, em Kinshasa e Luanda, respectivamente, os Palancas Negras iniciam no dia 21 os trabalhos de campo, estando a concentração marcada para o próximo domingo.

No comando do Grupo B com quatro pontos, mais um que a RDC e a RCA, e mais três em relação ao Madagáscar, Angola espera fazer um bom jogo em Kinshasa para manter a liderança da série e continuar a alimentar a esperança de se qualificar pela oitava vez à fase final da maior reunião futebolística do continente africano.

Depois da estreia auspiciosa frente à RCA e empate na jornada seguinte frente ao Madagáscar, fora de portas, os Palancas Negras têm agora pela frente uma empreitada um pouco mais difícil, atendendo o nível do adversário que vão enfrentar. Os Simbas são um conjunto mais apto do ponto de vista competitivo e almejam o mesmo objectivo, ou seja, estarem na prova africana de maior dimensão.

Aliás, a prova da força competitiva dos congoleses democráticos ficou demonstrado com a conquista do CHAN (campeonato africano reservado aos jogadores que actuam nas provas internas), que decorreu em Fevereiro último no Ruanda. Nesta prova, Angola esteve no mesmo grupo com o seu adversário destas duas próximas jornadas e o resultado da partida foi favorável à RDC que venceram por 4-2.

Do grupo de convocados, consta alguns jogadores que estiveram no CHAN, pelo que não será de todo uma surpresa defrontar os vizinhos congoleses, antes pelo contrário haverá o desejo não apenas de vencer mas de acertar as contas em relação ao resultado verificado no último jogo entre ambos.
Com poucos dias para estar no "laboratório", a Selecção Nacional vai procurar o entrosamento dos seus integrantes, forma desportiva e a melhor estratégia para um resultado que lhes possibilite continuar no comando do grupo.

Últimas Opinies

  • 18 de Março, 2019

    Cartas dos Leitores

    Temos de nos preparar bem para o jogo que será decisivo e estou convicto que iremos fazer este trabalho em conjunto, não temos muito tempo, agurada-nos um trabalho sério contra uma selecção que perdeu todas as partidas.

    Ler mais »

  • 18 de Março, 2019

    L se foi o sonho...

    O Petro de Luanda, até ontem o único sobrevivente angolano nas Afrotaças, não conseguiu evitar a derrota frente ao Gor Mahia FC do Quénia, em Nairobi, num jogo em que estava “condenado” a não desperdiçar, na totalidade, os pontos em discussão.

    Ler mais »

  • 18 de Março, 2019

    Os estreantes e o ritual de integrao

    Igor Vetokele regressa aos Palancas Negras, depois de muito tempo.

    Ler mais »

  • 16 de Março, 2019

    Cartas dos Leitores

    Eu já vi três vezes o jogo, muito sinceramente deu para ver alguma coisa na atitude e reacção de certos jogadores.

    Ler mais »

  • 16 de Março, 2019

    Operao Botswana

    A Selecção Nacional de futebol em honras concentra-se amanhã, a noite, tendo em vista a derradeira jornada do Grupo I da campanha para o Campeonato Africanos das Nações deste ano, a decorrer entre 21 de Junho e 19 de Julho no Egipto.

    Ler mais »

Ver todas »