Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Semana das Afrotaas

30 de Março, 2015
Entramos para mais uma semana das Afrotaças, onde Angola tem representantes na competição de acesso à Liga dos Campeões e na prova que garante os apurados para a fase de grupos da Taça da Confederação, e com ela começa a crescer o interesse dos adeptos em relação ao trabalho que os embaixadores angolanos projectam para se manterem nas respectivas provas.

E das três equipas "africanas", o Kabuscorp, na Liga dos Campeões, é a que em termos de resultados está em posição. A desvantagem de dois, aliado ao facto de não ter marcado em casa do adversário, obriga a formação do Palanca a lutar pela vida com tenacidade no confronto com o Al Merreick do Sudão, um conjunto com experiência nas grandes lides africanas, e quase sempre com presença marcadas nas competições da Confederação Africana de Futebol.

Conhecendo os meandros do futebol continental, é evidente que os sudaneses, sabendo do peso que é jogar fora do seu reduto, vão usar toda a sua matreirice para que o embaixador angolano anule esta desvantagem. Na Taça da Confederação, as coisas estão bem encaminhadas para o Petro de Luanda. Uma igualdade a dois golos fora de casa dá aos petrolíferos o à-vontade necessário para encarar Real Leopard da Suazilândia com tranquilidade, pois quem tem de correr atrás do prejuízo é o adversário que já deu mostras de estar perfeitamente ao alcance da equipa angolana.

O importante é que a equipa jogue sem triunfalismos antecipados, pois os suazis sabem que têm pela frente uma tarefa hercúlea, que é afastar o adversário diante do seu próprio público e na situação em que se encontra, em que tem de vencer ou empatar com muitos golos para seguir em frente.
Já o Benfica de Luanda tem de reparar a derrota sofrida em casa do Etoile Shael da Tunísia. Ainda que mínima, a desvantagem do representante angolano carrega ainda assim um alto grau de dificuldades. As equipas angolanos quase sempre têm sucumbido diante de formações tunisinas nas competições de clubes da CAF mas, motivada pelo regresso às Afrotaças e com vontade de representar de forma condigna as cores do país, os encarnados podem sim despedir-se de preconceitos e lutar por um resultado que satisfaça as suas ambições e que vá de encontro aos anseios dos adeptos angolanos.

Nesta semana de Afrotaças, as equipas angolanas têm, pois, de arregaçar as mangas e partir para uma preparação que as qualifique para seguirem em frente, tanto na Liga dos Campeões como na Taça da Confederação. De resto, o facto dos jogos decisivos serem disputados em sua casa, diante do seu público e com o apoio deste, pode bem contribuir para que no final sintam que o trabalho de casa foi bem feito: com vitórias e a respectiva qualificação à fase seguinte.

Últimas Opinies

  • 21 de Março, 2019

    Um regresso depois de quase dez anos

    Volvidos quase dez anos, volto a assumir uma missão como enviado especial do Jornal dos Desportos, título para o qual escrevo desde o ano de 1997, e que nesse momento assumo o cargo de editor, depois de já ter sido sub-editor e correspondente provincial.

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    A eliminao do Petro e o tal patriotismo

    Terminada a participação Petro de Luanda, na Taça Nelson Mandela, é normal que por esta altura, esteja a ser feita uma profunda reflexão em torno da participação na referida competição africana, nos mais diversos aspectos que ela comporta, sem descorar, portanto, a (des) continuidade do técnico Beto Bianchi, que mais uma vez não conseguiu o troféu de uma competição em que esteve envolvido. 

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    Palancas Negras de olhos no Egipto

    A Selecção Nacional de futebol honras, vulgo Palancas Negras, só depende de si para chegar à fase final do Campeonato Africano das Nações (CAN) de 2019, que vai ser disputado no Egipto.

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    Cartas dos Leitores

    Procuramos fazer tudo para vencer o jogo, mas não conseguimos, porque o adversário  (Recreativo do Libolo) foi competente e inteligente, assim como conseguiu aproveitar as nossas falhas defensivas e, em lances de bolas paradas, marcaram os dois golos.

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    Zebras para domar...

    A Selecção Nacional de futebol de honras, às ordens do sérvio Srdjan Vasiljevic, decide amanhã, em Franciston, Botswana, a qualificação para o Campeonato Africano das Nações (CAN), que o Egipto acolhe de 19 de Junho a 21 de Julho deste ano.

    Ler mais »

Ver todas »