Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Semana decisiva

02 de Abril, 2015
Esta é uma semana decisiva para as três equipas angolanas, que ainda estão engajadas nas competições africanas. Os derradeiros 90 minutos de prova que cada uma disputa, vão animar o fim-de-semana, em função daquilo que fizeram nos jogos da primeira mão.O saldo dos primeiros 90 minutos não foi nada favorável ao futebol nacional. Duas derrotas e um empate foi quanto conseguiram. Contudo, nada impede que os nossos representantes não possam continuar em prova, principalmente porque as equipas vão jogar diante do seu público.

Quis o sorteio que as três equipas começassem fora de casa. A avaliar a prestação de cada, pode-se dizer que o Petro de Luanda foi a que melhor resultado obteve. O empate a dois golos na Suazilândia, diante do Royal Leopards, transmite confiança à equipa do eixo viário, no entanto, não pode descansar à sombra da bananeira porque o desfecho da eliminatória não está ainda assegurada. Para ficar mais próximo da fase de grupos da Taça da Confederação, a equipa do eixo viário, vai ter de vencer por qualquer resultado ou no mínimo, empatar quer seja a zero ou a um golo. O Petro ainda assim vai ter de se cuidar, porque a equipa da Suazilândia de acordo com o seu técnico, não vem a passeio.

Ainda para a Taça da Confederação, domingo, o Benfica de Luanda recebe no Estádio 11 de Novembro o Étoile Sahel da Tunísia, com quem perdeu na primeira mão por uma bola, resultado perfeitamente contornável, desde que os pupilos de Zeca Amaral façam com distinção os deveres de casa.

O que se disse em relação ao jogo do Petro, serve igualmente para o Benfica, que tem de superar-se se quizer continuar em prova. A derrota por 0-1 abre perspectivas animadoras, mas para isso os encarnados vão ter de fazer o que lhes compete. A equipa tunisina que chega amanhã, pode não trazer alguns dos jogadores mais influentes, porém na segunda-feira teve um descanso devido ao desgaste físico dos jogadores num “derby” e um dia depois retomou a preparação a pensar no jogo com a equipa angolana.

À priori, a equipa que aparentemente pode ter mais problemas é o Kabuscorp, que recebe nos Coqueiros, o Al Al-Merreick do Sudão, no sábado, com quem perdeu na primeira mão por 0-2. Está como se disse em desvantagem na eliminatória, por isso parte convicto de que apenas uma vitória por mais de dois golos pode colocá-lo mais próximos da fase de grupos da maior competição do calendário da CAF, a nível de clubes.Os angolanos acreditam que as três equipas possam vencer e ficarem mais próximas da fase de grupos das provas em que estão engajadas.

Últimas Opinies

  • 18 de Março, 2019

    Cartas dos Leitores

    Temos de nos preparar bem para o jogo que será decisivo e estou convicto que iremos fazer este trabalho em conjunto, não temos muito tempo, agurada-nos um trabalho sério contra uma selecção que perdeu todas as partidas.

    Ler mais »

  • 18 de Março, 2019

    L se foi o sonho...

    O Petro de Luanda, até ontem o único sobrevivente angolano nas Afrotaças, não conseguiu evitar a derrota frente ao Gor Mahia FC do Quénia, em Nairobi, num jogo em que estava “condenado” a não desperdiçar, na totalidade, os pontos em discussão.

    Ler mais »

  • 18 de Março, 2019

    Os estreantes e o ritual de integrao

    Igor Vetokele regressa aos Palancas Negras, depois de muito tempo.

    Ler mais »

  • 16 de Março, 2019

    Cartas dos Leitores

    Eu já vi três vezes o jogo, muito sinceramente deu para ver alguma coisa na atitude e reacção de certos jogadores.

    Ler mais »

  • 16 de Março, 2019

    Operao Botswana

    A Selecção Nacional de futebol em honras concentra-se amanhã, a noite, tendo em vista a derradeira jornada do Grupo I da campanha para o Campeonato Africanos das Nações deste ano, a decorrer entre 21 de Junho e 19 de Julho no Egipto.

    Ler mais »

Ver todas »