Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Senhores candidatos

19 de Setembro, 2017
As emoções estão ao rubro, no campeonato nacional de futebol, da primeira divisão. As atenções estão focadas, na condição indefinida das coisas, no topo da tabela classificativa, onde o Petro e o 1º de Agosto continuam em \"pé de guerra\", à saída da 25ª ronda. Os dois concorrentes, quase que afastaram em definitivo, os outros candidatos.

O desfecho da jornada do fim-de-semana, sem causar nenhuma alteração que se considere de vulto, operou uma mudança, na colocação das equipas na liderança. Deste vez, o Petro, mercê da vitória sobre a Académica do Lobito, e a beneficiar do empate dos militares diante dos sambilas, conseguiu reaver o primeiro lugar.

Tudo indica, pelo andar das coisas, que petrolíferos e militares dependem de si mesmos, vão travar uma batalha campal pelo título. As últimas jornadas podem ser de muita refrega, entre quem revalida o título, no caso o 1º de Agosto, e o ávido em quebrar um jejum, que vai para sete épocas.

Beto Bianchi e pupilos, depois da desfeita da edição passada, em que viram o título escapar na derradeira jornada, podem ter aprendido a lição para não cometer o mesmo erro. De resto, as últimas cinco jornadas vão ser não só de muita combatividade, também de muito calculismo, em todos os passos que marcarem.

Por outro lado, sabe-se, que nas últimas edições da prova, a direcção do clube com sede no \"Rio Seco\", não tem poupado a esforços na criação de condições que devolva a equipa às conquistas, depois de uma travessia no deserto. Conseguiu-o, na edição passada, mas não cruzou os braços, continua a investir forte na revalidação.

O Petro, como o dissemos mais atrás, no campeonato passado esteve perto de sacudir a crise. Terminou a prova, com uma diferença pontual mínima, em relação ao campeão, 1º de Agosto. Entretanto, pela forma como as coisas vão, sobretudo pela determinação evidenciada, tem possibilidades de chegar ao objectivo, pois, ainda muita luta tem pela frente.

No tocante aos candidatos à descida de divisão, as coisas parecem estar aclaradas. Há, pelo menos, um trio de equipas, que não descolam das posições em que \"moram\". JGM do Huambo, Progresso da Lunda -Sul e Santa Rita de Cássia, só um milagre os pode salvar, principalmente, este último, cuja a pontuação anda muito aquém do que se exigia em 25 jogos.

Últimas Opinies

  • 19 de Março, 2020

    Escaldante Girabola

    O campeonato nacional de futebol da primeira divisão vai dobrando os últimos contornos. A presente edição, amputada face a desqualificação do 1º de Maio de Benguela, abeira-se do seu fim . Entretanto, do ponto de vista classificativo as coisas estão longe de se definirem. No topo, o 1º de Agosto e o Petro travam uma luta sem quartel pelo título.

    Ler mais »

  • 17 de Março, 2020

    Cartas dos leitores

    Estamos melhor do que nunca. A pressão é para as pessoas que não têm arroz e feijão para comer. Estamos sem pressão, temos todos bons salários e boas condições de trabalho. Estamos numa situação de privilégio e até ao último jogo tivemos apenas duas derrotas.

    Ler mais »

  • 17 de Março, 2020

    Jogos Olmpicos2020

    A suspensão de diferentes competições desportivas a nível mundial em função do coronavírus, já declarada pela OMS-Organização Mundial da Saúde como Pandemia, remete-nos, mais uma vez, a reflectir sobre a realização dos Jogos Olímpicos de Tóquio. Pelo menos até aqui, o COI-Comité Olímpico Internacional mantém de pé a ideia de realizar o evento nos prazos previstos.

    Ler mais »

  • 14 de Março, 2020

    FAF aquece com eleies

    Cá entre nós, o fim do ciclo olímpico, tal com é consabido, obriga, por imperativos legais, por parte das Associações Desportivas, de um modo geral e global, a realização de pleitos eleitorais para a renovação de mandatos.

    Ler mais »

  • 14 de Março, 2020

    Cartas dos Leitores

    Acho que o Estado deve velar por essas infra-estruturas.

    Ler mais »

Ver todas »