Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Trs jogos electrizantes

31 de Março, 2015
O Girabola está de regresso, depois do interregno observado, e que os Palancas Negras aproveitaram a primeira data FIFA do ano. O combinado nacional, face à observância da pausa transversal obrigatória, nos calendários de jogos dos campeonatos a nível universal, agendou para testar as suas baterias, quando se aproximam as eliminatórias do CHAN, prova continental dedicada aos jogadores que evoluem nos campeonatos nacionais.
Um regresso marcado por três jogos electrizantes. Um serviu para o acerto de calendário e outros dois antecipados, referentes à sétima jornada, com a maioria dos jogos a serem disputados no próximo fim-de-semana.

Hoje vamos ter no Estádio 11 de Novembro o não menos aliciante Petro de Luanda - Recreativo da Caála, antecipado por causa do engajamento dos petrolíferos nas competições africanas. O jogo pode marcar a estreia de Hélder Teixeira no comando técnico da equipa do planalto central, em substituição de Túbia. O Recreativo da Caála não vence, mas também não perde há seis jornadas. Os seis empates que regista até aqui, levaram o presidente do clube a promover Hélder Teixeira, pelo que o jogo assume contornos especiais. Uma situação que não apoquenta o técnico dos petrolíferos, Alexandre Grasseli.

“Também precisamos de vitórias. Vamos jogar em casa e esperamos que os adeptos, como sempre, apareçam em peso para o seu apoio incondicional à equipa, para que juntos possamos sair com três pontos”, disse o técnico, que no fim-de-semana vai decidir o seu futuro na Taça da Confederação, diante do Royal Leopards da Suazilândia, com quem empatou a dois golos fora de casa. Outro jogo antecipado, devido ao engajamento na mesma competição, é do Benfica de Luanda. Os encarnados da capital defrontam amanhã, no Estádio 22 de Junho, o líder do Girabola, o Interclube. Um jogo que está a ser esperado com alguma dose de responsabilidade, principalmente pela diferença pontual que separa as duas equipas.

Um outro particular, a não descurar, é que o jogo do 22 de Junho vai servir para avaliar o conjunto encarnado, tendo em conta o jogo de domingo diante do Étoile Sportive du Sahel da Tunísia, para os derradeiros 90 minutos de mais uma eliminatória de acesso a fase de grupos da Taça da Confederação.

Neste regresso da prova, de calendário da FAF, o grande jogo está reservado para amanhã e vai opor o 1º de Agosto ao Recreativo do Libolo. O jogo é referente à primeira jornada e que não foi disputado na altura, devido ao engajamento do campeão nacional nas eliminatórias da Liga dos Campeões, aliás, infelizmente, já não faz parte das prioridades do Libolo.

Um jogo com dois focos de interesse. O 1º de Agosto tem necessariamente de vencer, para continuar a recuperação, depois da primeira vitória na prova, por outro lado, o Recreativo do Libolo se vencer, assume a liderança do Girabola.
Três jogos com vários ingredientes que podem produzir alterações na tabela classificativa.





Últimas Opinies

  • 15 de Julho, 2019

    O real papel do gestor desportivo

    As funções de um gestor desportivo não são mais do que as funções de um gestor de empresas, adaptadas e ajustadas às particularidades de um clube ou federação desportiva.

    Ler mais »

  • 15 de Julho, 2019

    Quem explica o desporto angolano?

    O nosso desporto merece um estudo profundo, para se encontrar explicações que justifiquem os resultados que vai tendo.

    Ler mais »

  • 15 de Julho, 2019

    Cartas dos Leitores

    No nosso grupo (A),  somos a única selecção (Angola) que tem a sua primeira participação  a este nível. Canadá vai para a sua sétima, Nova Zelândia.

    Ler mais »

  • 15 de Julho, 2019

    Objectivo falhado

    Angola não conseguiu alcançar o objectivo preconizado no Mundial de Hóquei em Patins, que se disputou em Barcelona, Espanha, acabando por se quedar na sexta posição.

    Ler mais »

  • 13 de Julho, 2019

    Cartas dos Leitores

    Vamos entrar para o campeonato em cada jogo para ganhar, nós queremos começar bem, com o pé direito. Como sabem, já temos o calendário.

    Ler mais »

Ver todas »