Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Troca inesperada

25 de Novembro, 2019
A pouco mais de dois meses do Campeonato Africano das Nações (CAN), previsto para Tunísia, a Selecção Nacional de andebol sénior masculina tem agora um novo líder no comando técnico, com a troca de Filipe Cruz por Nelson Catito.
Uma troca, diga-se de passagem, inesperada, pois Filipe Cruz que vinha dirigindo desde 2010 os destinos do “Guerreiros”, designação por que é conhecido o combinado nacional angolano, passa a assumir, agora, um novo desafio na sua carreira. A substituição de Filipe Cruz por Nelson Catito obriga, desse modo, a que a Federação Angolana de Andebol (FAAND) opere a troca de um técnico por outro com fito de encerrar um ciclo olímpico e, como se disse já atrás, de forma imprevista.
E, nesse caso, o novo seleccionador nacional tem a responsabilidade de apresentar neste curto período que resta para o “Africano” da Tunísia, que acontece de 15 a 26 de Janeiro próximo, o seu programa trabalho e anunciar os eleitos para esta “Operação”, para o início dos trabalhos. Para esse efeito, Nelson Catito definiu já a sua estratégia.
Nesse quesito e tendo em conta os bons resultados que o “Sete Nacional” obteve nos Campeonatos Africanos e bem assim como nos Jogos Africanos, disputados este ano em Rabat, Marrocos, deixa no ar a ideia de dar continuidade à base trabalhada por Filipe Cruz. O novo timoneiro dos “Guerreiros” é alguém que tem também créditos bem firmados a nível do nosso andebol.
Licenciado em Psicologia e detentor de um bacharelato em Educação Física, Nelson Catito regressa, assim, a Selecção Nacional, depois de há onze anos ter sido adjunto de Beto Ferreira, na altura em que Angola obteve o 4º lugar no CAN realizado no país.
Estando ligado ao clube 1º de Agosto, onde orienta a equipa “B” sénior feminina, o novo seleccionador nacional tem na sua folha de serviço, também, um título ao serviço do emblema central das Forças Armadas Angolanas (FAA) e, daí, vai procurar dar o melhor de si nesta “aventura” ao serviço dos “Guerreiros”. E Angola, para já, vai desfilar na Tunísia, com objectivo de melhorar o 3º lugar do anterior “Africano” da categoria.
É, de resto, um desafio enorme que Nelson Catito tem neste seu regresso a Selecção Nacional, que no CAN da Tunísia vai estar inserida no Grupo B, onde terá como adversários na primeira fase a Nigéria, Gabão e Líbia, respectivamente.
Aliás, no acto da sua apresentação como novo técnico dos “Guerreiros”, sexta-feira passada, prometeu não operar muitas mexidas na equipa, face à base arquitectada por Filipe Cruz, que assume agora a condução dos destinos da selecção da República Democrática do Congo (RDC), e acima de tudo dar o melhor de si nesse ingente desafio que abraça, ao ser indicado pela Federação com técnico do combinado nacional, que, como disse, não o surpreendeu. Agora resta é colocar mão à obra e bem haja nesta sua nova aventura!!!...

Últimas Opinies

  • 07 de Abril, 2021

    Ida ao Mundial marcou o futebol

    Em 2018, a nossa selecção de futebol adaptado trouxe-nos o primeiro troféu de cariz Mundial, ao vencer o campeonato do Mundo.

    Ler mais »

  • 07 de Abril, 2021

    Ganhos que podem ir ao ralo

    A circulação de pessoas e bens, apesar das dificuldades das estradas, faz-se com segurança.

    Ler mais »

  • 05 de Abril, 2021

    Um toque ao desenvolvimento

    O país comemorou ontem mais um ano de paz. Foi a 4 de Abril de 2002 que a Nação angolana presenciou a cerimónia que marcou o fim de um período de guerra que deixou inúmeras cicatrizes.

    Ler mais »

  • 05 de Abril, 2021

    Os ganhos da nossa vaidade

    Ao assinalarmos 19 anos, desde que o país começou a desfrutar do alívio que só a paz proporciona, não há como não reconhecer os ganhos havidos no sector desportivo neste lapso de tempo.

    Ler mais »

  • 05 de Abril, 2021

    Um retrocesso em alguns casos

    O desporto foi o grande embaixador do país, algumas modalidades assumiram-se como verdadeiros porta-estandartes, dado os feitos protagonizados por algumas selecções nacionais.

    Ler mais »

Ver todas »