Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Um clube com histria

03 de Agosto, 2015
O clube 1º de Agosto festejou no primeiro dia deste mês que ainda dá os primeiros passos o 38º aniversário da fundação com as atenções viradas para o futuro que sócios, adeptos e amigos da "nação agostina" esperam risonho.

Numa altura em que o país estava mergulhado numa guerra de irmãos desavindos, a agremiação militar nascida dois anos depois do primeiro Presidente de Angola, Agostinho Neto, ter proclamado a Independência Nacional a 11 de Novembro de 1975 teve, entre outros objectivos, a implementação do desporto no seio das Forças Armadas.

Contudo, o seu crescimento levou à integração de outras franjas da sociedade. O 1º de Agosto é hoje o clube angolanos que mais modalidades desportivas tem no seu seio sendo, por via disso, a agremiação mais titulada em algumas modalidades, como o basquetebol, andebol masculino, voleibol e atletismo, apenas para citar essas.

Nos tempos que correm, a aposta da direcção do clube rubro-negro está virada para o crescimento das infra-estruturas do clube,. base que vai sustentar o desporto de alta-competição.

De facto, só com condições para o trinamento regular é que os atletas militares poderão dar grandes saltos no capítulo competitivo, quer internamente como nas competições em que os seus atletas estivetam a competir.

A actual direcção do clube, que tem à frente o general Carlos Hendrick, tem levado para frente o projecto do aumento das infra-estruturas do clube. A construção da cidade desportiva, e lançamento da primeira pedra para a edificação do colégio da agremiação, virado para a formação de jovens futebolistas, constituem um grande ganho para o clube central das Forças Armadas Angolanas.

A futura cidade desportiva do maior clube do país está a já a ser erguida num local onde existem já três campos de futebol, dois utililizados pelas camadas de formação, e o outro pela equipa principal.

No mesmo recinto, outros empreendimentos estão a ser construidos, como o estádio de futebol que vai receber 20 mil espectadores terminadas as obras, além da academia de futebol e uma piscina, que se juntam aos já existentes pavilhões Vitorino Cunha e Jean-Jacques, assim como ao complexo desportivo do Miramar, com uma piscina, quadra de ténis e dois recintos para a prática do andebol.

Investimentos que comprovam a grandeza de um clube que quer estar na primeira linha das agremiações desportivas do país que apostam na formação das crianças e jovens. Com idade adulta, o clube 1º de Agosto pode, pois, encarar o futuro com serenidade, sabendo que forma jovens para o amanhã com uma nova mentalidade.

O 1º de Agosto é um clube grande na sua dimensão, com um percurso histórico, um grande laboratório desportivo em que se formam campeões.

Últimas Opinies

  • 23 de Março, 2019

    Agora que venha o CAN do Egipto!

    Que venha agora o CAN do Egipto! Sim, que  venha o Campeonato Africano das Nações porque a fase de qualificação ficou já para atrás. 

    Ler mais »

  • 23 de Março, 2019

    Cartas dos Leitores

    Estou aqui para trabalhar. É uma realidade nova para mim. Nunca estive em África.

    Ler mais »

  • 23 de Março, 2019

    Angola est no Egipto

    O país acordou, hoje, na ressaca da explosão festiva resultante da qualificação da selecção nacional de futebol, ao Campeonato Africano das Nações, a disputar-se em Junho e Julho, no Egipto.

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    Amanh um "tudo ou nada

    Amanhã é uma espécie de Dia D, para nós, e tal fica a dever-se aos ‘’Palancas Negras’’

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    Um regresso depois de quase dez anos

    Volvidos quase dez anos, volto a assumir uma missão como enviado especial do Jornal dos Desportos, título para o qual escrevo desde o ano de 1997, e que nesse momento assumo o cargo de editor, depois de já ter sido sub-editor e correspondente provincial.

    Ler mais »

Ver todas »