Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Uma boa iniciativa

08 de Novembro, 2015
Mais do que dar mérito ao vencedor da competição, importa ressaltar a iniciativa que se enquadrou nos festejos de mais um aniversário da Independência Nacional que se assinala na próxima quarta-feira, dia 11 de Novembro.

Por aquilo que foi a reacção do público, que marcou presença de forma massiva no Estádio Nacional 11 de Novembro, pensamos que é de considerar a possibilidade de se manter a prova nos próximos anos, já que se trata de uma oportunidade de proporcionar alguns jogos de controlo à Selecção Nacional.

Para os Palancas Negras que têm dentro de dias compromissos para as eliminatórias de acesso à fase de grupo do Campeonato do Mundo e do CAN de 2017, foi um bom balão de ensaio, que permitiu ao seleccionar nacional, Romeu Filemon, tirar várias ilações para o jogo do próximo dia 13 diante dos Bafana Bafana.

Com a qualificação para o CHAN já garantida, Angola procura conseguir cumprir os outros dois objectivos que ainda tem pela frente, designadamente a presença no CAN do Gabão, em 2017, e uma segunda qualificação ao Campeonato do Mundo (de 2018), depois da primeira em 2006, na Alemanha.

Para atingir estes dois desideratos, é preciso que a Selecção Nacional tenha rodagem competitiva para ganhar os automatismos necessários a um bom desempenho neste percurso das eliminatórias. Os dois jogos no Torneio Internacional deram a ver uma equipa ainda não muito compacta, que precisa trabalhar imenso para mostrar mais atitude.

É verdade que Romeu Filemon não contou com muitos dos jogadores que tem convocado quando se tratam de jogos mais sérios, mas ainda assim o desempenho dos Palancas Negras não foi muito vistoso nos dois jogos que realizou, primeiro diante da Namíbia e depois frente à República Democrática do Congo.

Mas são torneios como este que a Selecção Nacional precisa para dar mais jogos ao grupo, sendo também uma oportunidade para o técnico nacional ensaiar as estratégias para os jogos a doer, concretamente os referentes aos próximos compromissos.

A organização conjunta da Federação Angolana de Futebol com a empresa de eventos desportivos, Real Sports, redundou numa parceria muito bem conseguida, levando nos dois dias de prova mais de 50 mil pessoas ao Estádio Nacional 11 de Novembro. Significa que as coisas quando bem feitas, quando se está diante de uma organização funcional, é possível fazerem-se coisas que atraem o público para os recintos desportivos.

Últimas Opinies

  • 21 de Março, 2019

    Um regresso depois de quase dez anos

    Volvidos quase dez anos, volto a assumir uma missão como enviado especial do Jornal dos Desportos, título para o qual escrevo desde o ano de 1997, e que nesse momento assumo o cargo de editor, depois de já ter sido sub-editor e correspondente provincial.

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    A eliminao do Petro e o tal patriotismo

    Terminada a participação Petro de Luanda, na Taça Nelson Mandela, é normal que por esta altura, esteja a ser feita uma profunda reflexão em torno da participação na referida competição africana, nos mais diversos aspectos que ela comporta, sem descorar, portanto, a (des) continuidade do técnico Beto Bianchi, que mais uma vez não conseguiu o troféu de uma competição em que esteve envolvido. 

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    Palancas Negras de olhos no Egipto

    A Selecção Nacional de futebol honras, vulgo Palancas Negras, só depende de si para chegar à fase final do Campeonato Africano das Nações (CAN) de 2019, que vai ser disputado no Egipto.

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    Cartas dos Leitores

    Procuramos fazer tudo para vencer o jogo, mas não conseguimos, porque o adversário  (Recreativo do Libolo) foi competente e inteligente, assim como conseguiu aproveitar as nossas falhas defensivas e, em lances de bolas paradas, marcaram os dois golos.

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    Zebras para domar...

    A Selecção Nacional de futebol de honras, às ordens do sérvio Srdjan Vasiljevic, decide amanhã, em Franciston, Botswana, a qualificação para o Campeonato Africano das Nações (CAN), que o Egipto acolhe de 19 de Junho a 21 de Julho deste ano.

    Ler mais »

Ver todas »