Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas do leitor

04 de Setembro, 2013

Ângelo Miguel- Luanda
Corrigir o que está mal
-Na edição do dia 20 de Julho do ano passado foi publicada uma carta que eu havia endereçado a este jornal, do qual sou leitor assíduo. Na altura falava das reticências que tinha em relação ao técnico Gustavo Ferrín, que nem sequer tinha sido ainda apresentado. Escrevi que apesar do seu currículo, tinha sérias dúvidas se o senhor Gustavo Ferrín, com os seus longos anos de experiência, iria conseguir adaptar-se à nossa realidade e atingir os objectivos que trazia na bagagem. Sem ser de todo pessimista e depois do que foi a experiência dos últimos seleccionadores estrangeiros, Manuel José, português, Hervé Renard, francês, que não atingiram sequer os 50 por cento dos seus objectivos, receava que o uruguaio Gustavo Ferrín fosse apenas mais um técnico que podia passar pelas hostes dos Palancas sem acrescentar nada de novo. Pelos vistos eu tinha razão. As declarações do presidente da FAF, senhor Pedro Neto, atestam bem o desgaste que todo o mundo sente pelos sucessivos desaires que vem sofrendo a Selecção Nacional de futebol. É preciso corrigir o que está mal.

Pedro Ramalho -Luanda
Juntos por Angola-Animam-me as últimas notícias sobre o trabalho que está a ser desenvolvido pelo comité organizador, tendo como objectivo o êxito do Campeonato do Mundo de hóquei em patins que o país vai albergar dentro de 15 dias. Com a inauguração dos dois pavilhões, dia 6 no Namibe e dia 17 em Luanda, vamos somente mesmo esperar pela sticada que vai assinalar o arranque do evento. Sendo certo que o nosso país tem uma forte tradição na organização de provas desportivas de grande dimensão, acredito que o mesmo sucesso organizativo que já tiveram as outras realizações se vai estender a esta, que está na forja e em bom plano. Como amante da modalidade, estou ansioso pelo recrutamento do pessoal de apoio, os chamados voluntários, pois quero dar o meu contributo para o sucesso da organização deste Campeonato do Mundo.

Manuel Francisco- Luanda
Regresso do Girabola
-Estou ansioso pelo regresso do Girabola. Aguarda-nos uma ponta final escaldante em que vamos ter uma luta acesa, quer para o título, com o Kabuscorp e 1.º de Agosto como os únicos com hipóteses reais, quer pela melhoria e fuga pela não despromoção. Depois de os Palancas nos terem decepcionado tanto, só nos resta agora esperar pelo retorno da festa do futebol nacional.

Últimas Opinies

  • 15 de Julho, 2019

    O real papel do gestor desportivo

    As funções de um gestor desportivo não são mais do que as funções de um gestor de empresas, adaptadas e ajustadas às particularidades de um clube ou federação desportiva.

    Ler mais »

  • 15 de Julho, 2019

    Quem explica o desporto angolano?

    O nosso desporto merece um estudo profundo, para se encontrar explicações que justifiquem os resultados que vai tendo.

    Ler mais »

  • 15 de Julho, 2019

    Cartas dos Leitores

    No nosso grupo (A),  somos a única selecção (Angola) que tem a sua primeira participação  a este nível. Canadá vai para a sua sétima, Nova Zelândia.

    Ler mais »

  • 15 de Julho, 2019

    Objectivo falhado

    Angola não conseguiu alcançar o objectivo preconizado no Mundial de Hóquei em Patins, que se disputou em Barcelona, Espanha, acabando por se quedar na sexta posição.

    Ler mais »

  • 13 de Julho, 2019

    Cartas dos Leitores

    Vamos entrar para o campeonato em cada jogo para ganhar, nós queremos começar bem, com o pé direito. Como sabem, já temos o calendário.

    Ler mais »

Ver todas »