Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas do leitor

09 de Setembro, 2013
JOSINANDO DA CRUZ-SUMBE
Hipóteses do Libolo-
Escrevo para o Jornal dos Desportos para tecer algumas considerações sobre o que foram os últimos resultados obtidos pelo nosso representante nas Afrotaças. Penso que tanto o desempenho como os resultados podiam ter sido melhores se tivéssemos um pouco mais de ambição. Sinto que os nossos jogadores às vezes são muito conformistas, e há um grande relaxamento sempre que estão ou conseguem empatar os jogos. Começámos muito bem a caminhada nesta fase de grupos da Liga dos Campeões, ao vencermos, surpreendentemente, o Esperance de Tunis. Essa vitória devia ser a nossa grande motivação para os próximos jogos. Agora, já acumulámos duas derrotas e um empate em casa, resultados que complicaram as hipóteses da equipa chegar à fase seguinte. O jogo do próximo fim-de-semana vai ser decisivo, diante do Esperance de Tunis, que tudo fará para se desforrar da derrota na primeira jornada. A vitória pode dar ao Libolo outra confiança, já que vai realizar o seu último jogo em Calulo, diante do Sewe Sport da Costa do Marfim.


EDIVALDO AMBRÓSIO-LUANDA
Título quase decidido
-As coisas continuam abertas no Girabola no que diz respeito ao título, apesar do grande avanço do Kabuscorp, que quase lhe confere antecipadamente a condição de campeão. Mas, apesar de se verificar um hiato considerável entre o primeiro e o segundo classificado, não temos ainda campeão, de facto. É verdade que o Kabuscorp não precisa de ganhar todos os jogos para chegar ao título, mas, para o fazer, tem de garantir alguns pontos. Nessa perspectiva, os demais concorrentes podem aproveitar para correr contra o tempo e tudo fazerem para tentar chegar ao título que, por enquanto, continua em aberto para o 1º de Agosto e Bravos do Maquis que, ganhando todos os restantes jogos, superam o actual líder.Mas o Kabuscorp tinha de perder muitos pontos. O jogo entre o Kabuscorp e o 1º de Agosto vai parar o país. Se a equipa do Palanca vencer, ou até mesmo empatar, sagra-se campeã nacional.

ERNESTO FONTE-MENONGUE
Kuando-Kubango no Gira
-Escrevo da longínqua província do Kuando-Kubango para manifestar publicamente a minha satisfação e a de muitos outros conterrâneos, pela expressão que começa a ganhar o desporto aqui na província. Estamos na expectativa de, num futuro próximo, o Kuando-Kubango vir a ter uma palavra a dizer no panorama desportivo nacional. O 4 de Abril, que se estreou este ano na prova de apuramento para o Girabola de 2014, tem feito boas partidas e está em segundo no seu grupo. O técnico João Machado está a fazer um rico trabalho e nos próximos anos podemos ter uma equipa da província no Girabola. Estamos todos à espera que isso aconteça .

Últimas Opinies

  • 22 de Agosto, 2019

    O divrcio anunciado

    Não faz ainda muito tempo do anúncio do divórcio, entre o órgão reitor do futebol nacional e o então seleccionador nacional de honras, o sérvio Srdjan Vasiljevic, que ontem deixou o país.

    Ler mais »

  • 22 de Agosto, 2019

    Corrigir o mal no futebol (I)

    A semana passada terminei o artigo com a seguinte sentença: “(…) é importante mudar de estratégia

    Ler mais »

  • 22 de Agosto, 2019

    Mais um falso arranque do Interclube

    Para o desalento dos prosélitos do futebol sénior masculino, as cortinas do Girabola Zap, versão 2019/20, foram descerradas com máculas na jornada inaugural que, mais uma vez, põem em causa a capacidade organizativa da Federação Angolana de Futebol (FAF), que parece apostada numa competição em que é premiada a instituição que mais erros comete ao longo do “consulado”.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    O pas dos amigalhaos

    Foi recentemente anunciada a rescisão contratual do treinador Srdjan Vasilevic com a Federação Angolana de Futebol.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Como causar impacto atravs do marketing?

    De facto, para que se crie um impacto forte e eficaz através do marketing desportivo, é indispensável que os clubes e federações deem atenção ao formato comunicativo a ser utilizado.

    Ler mais »

Ver todas »