Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas do leitor

20 de Setembro, 2013
ANDRÉ MANGUANA-Luanda
Força Angola!=
Escrevo para encorajar os nossos jogadores no jogo que têm com a África do Sul para abertura do campeonato mundial de hóquei em patins. Tenho fé que a Selecção Nacional vai conseguir um bom resultado neste jogo, porque tem um hóquei superior ao da África do Sul para além de estar moralizada com a recente vitória na Taça Zé Dú.
Mas o mais importante ainda é conseguir um resultado que nos garanta já, se possível, a estabilização da estrutura psicológica para os jogos seguintes. O jogo vai ser jogado num intenso ambiente, sendo que os bilhetes para abertura há muito esgotaram, o que leva a prever uma boa enchente no pavilhão. Se as coisas porventura não correrem bem em Maputo, temos ainda a possibilidade corrigir os erros nos outros jogos. Mas não devemos pensar negativo. Devemos acreditar que tudo é possível.


ADÃO FRANCISCO-Lubango
Pavilhão do Namibe
=Estive recentemente na província do Namibe e fiquei muito satisfeito com aquilo que é a imponência do pavilhão para receber o Campeonato do Mundo em Hóquei em Patins, que pela primeira vez vem para o nosso continente. Interessa-me saber que destino será dado ao recinto desportivo depois de disputado o campeonato, pois pelo que é do meu conhecimento, Namibe não tem equipas de hóquei em patins nos campeonatos nacionais, apesar de ter uma associação provincial desta modalidade a trabalhar. Entendo que devem ser estudadas ou definidas políticas claras para a massificação da modalidade, depois do Campeonato do Mundo, como muitas outras pessoas já opinaram. Se não forem definidas estas políticas, pelo menos que os pavilhões do Namibe e de Malange sirvam para desenvolver outras modalidades com grande peso em Angola, como o andebol e o basquetebol.


MARGARIDO JAIME- Luanda
Recuperação do ASA
=Sou adepto do Atlético Sport Aviação-ASA e escrevo a manifestar a minha satisfação pelo nível ascendente da equipa no Girabola, o que lhe permitiu, em tão pouco tempo, dar um salto na classificação geral. Aproveito para dizer àqueles que andaram a festejar e a lançar farpas, prevendo já a sua despromoção da primeira divisão de onde nunca desceu desde 1979, que no desporto é mesmo assim, existem altos e baixos. A equipa teve um arranque de campeonato não muito ao seu estilo, mas tal não significou o fim do seu espírito competitivo. Estamos a recuperar posições de jornada a jornada, e acredito que, se conseguirmos manter este ritmo, ainda vamos a tempo de terminar a primeira volta numa posição menos comprometedora. O campeonato tem ainda muito caminho por percorrer e pode ser que aqueles que agora seguem à frente venham a fracassar. Aliás, o ASA não é equipa para terminar o campeonato na cauda da classificação. Pode não chegar a uma posição honrosa, mas não descerá de divisão.

Últimas Opinies

  • 21 de Março, 2019

    Um regresso depois de quase dez anos

    Volvidos quase dez anos, volto a assumir uma missão como enviado especial do Jornal dos Desportos, título para o qual escrevo desde o ano de 1997, e que nesse momento assumo o cargo de editor, depois de já ter sido sub-editor e correspondente provincial.

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    A eliminao do Petro e o tal patriotismo

    Terminada a participação Petro de Luanda, na Taça Nelson Mandela, é normal que por esta altura, esteja a ser feita uma profunda reflexão em torno da participação na referida competição africana, nos mais diversos aspectos que ela comporta, sem descorar, portanto, a (des) continuidade do técnico Beto Bianchi, que mais uma vez não conseguiu o troféu de uma competição em que esteve envolvido. 

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    Palancas Negras de olhos no Egipto

    A Selecção Nacional de futebol honras, vulgo Palancas Negras, só depende de si para chegar à fase final do Campeonato Africano das Nações (CAN) de 2019, que vai ser disputado no Egipto.

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    Cartas dos Leitores

    Procuramos fazer tudo para vencer o jogo, mas não conseguimos, porque o adversário  (Recreativo do Libolo) foi competente e inteligente, assim como conseguiu aproveitar as nossas falhas defensivas e, em lances de bolas paradas, marcaram os dois golos.

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    Zebras para domar...

    A Selecção Nacional de futebol de honras, às ordens do sérvio Srdjan Vasiljevic, decide amanhã, em Franciston, Botswana, a qualificação para o Campeonato Africano das Nações (CAN), que o Egipto acolhe de 19 de Junho a 21 de Julho deste ano.

    Ler mais »

Ver todas »