Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas do leitor

23 de Setembro, 2013
Pedro Jerónimo - Luanda
Título no próximo ano -
Sou adepto do 1º de Agosto e não gostei nada do desempenho da equipa esta época. Penso que se as coisas já estavam muito difíceis antes, mas com os últimos resultados antes da vitória apertada de sábado, ficamos sem esperança de chegar ao título, apesar de matematicamente ainda ser possível sonhar. Quero aproveitar este espaço para lançar um apelo à direcção do meu clube no sentido de delinear já o nosso plano para a época 2013. O título desta época é do Kabuscorp do Palanca e não vale a pena esperarmos por milagres. Vamos é não desperdiçar o segundo lugar e pedir ao técnico que comece já a projectar a próxima época, vendo os reforços e os que têm de ser dispensados, para atacarmos sem vacilar o campeonato do próximo ano. Peço à direcção que deixe o treinador continuar para não ter de contratar um novo, porque está a construir uma boa equipa e precisa de tempo.

Adelina Sebastião – Luanda
Petro decepciona
-Sou adepta do Petro de Luanda e estou bastante decepcionada com a caminhada da minha equipa neste Girabola. Creio que o afastamento do técnico Miroslav Maksimovic, em 2012, não terá sido a medida mais acertada. O treinador estava a fazer um bom trabalho com alguns jovens e alguns dos jogadores que despontam na equipa foram tarimbados por ele, caso do Bastos, Miguel, Mateus, Mabululo, só para citar estes. A equipa corre o risco de ficar de fora, uma vez mais, das competições africanas, não consegue manter uma sequência de vitórias e, com isso, acaba por defraudar as nossas expectativas, nós que esperávamos uma melhor prestação do conjunto esta época. O Petro é uma equipa habituada a conquistar títulos e ficar este tempo todo, quatro anos, sem nada ganhar, não é abonatório para o nosso prestígio.

Castro Armando - Luanda
Santos em decadência -
A situação para algumas equipas de Luanda não é das melhores. No próximo ano, corremos o risco de ficar pelo menos sem dois embaixadores, caso o Benfica e o Santos não saiam o quanto antes da situação aflitiva em que se encontram. O Santos FC, depois de dar mostras de alguma recuperação, voltou a revelar fragilidades na derrota de sábado frente 1º de Agosto, quando até vencia. A equipa tem estado nos últimos tempos a perder muitos pontos e não creio que consiga permanecer na primeira divisão. O clube continua na penúltima posição e os últimos seis jogos vão ser decisivos, embora não acredite muito que possamos dar a volta à situação. Mas, como enquanto há vida deve haver esperança, vamos esperar até ao desfecho do campeonato, pois o futebol é prenhe de surpresas.

Últimas Opinies

  • 19 de Agosto, 2019

    Como causar impacto atravs do marketing?

    De facto, para que se crie um impacto forte e eficaz através do marketing desportivo, é indispensável que os clubes e federações deem atenção ao formato comunicativo a ser utilizado.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Petro escorregou Vasiljevic j era

    O grande Petro já  atemoriza os seus adeptos em poder continuar a fazer travessia no deserto neste seu “hibernar” sem título desde 2009: empatou mesmo depois de o presidente.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Cartas dos Leitores

    Penso, que não há  muitas alterações  em relação aos candidatos, o 1º de Agosto procura o Penta e o Petro luta para quebrar o jejum de 10 anos, sem conquistar o campeonato.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Girabola de todos

    Soltaram-se assobios, no último fim-de-semana. Voltou aos palcos nacionais, o futebol de primeira grandeza. Ou seja, o campeonato nacional da primeira divisão, o nosso Girabola.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    O segundo pecado da FAF

    A direcção de Artur Almeida e Silva acaba de cometer o segundo pecado, na gestão dos destinos da Federação Angolana de Futebol(FAF). O primeiro, assenta na desorganização que já a caracteriza.

    Ler mais »

Ver todas »