Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas do Leitor

24 de Setembro, 2013
ADRIANO ANDRADE - Luanda
Apoio à nossa selecção
-Antes de mais, saúdo o colectivo do Jornal dos Desportos. Como angolano, estou com a Selecção Nacional de Hóquei em Patins na luta pela consumação dos seus objectivos no campeonato do Mundo da modalidade que decorre no nosso país, mais concretamente nas cidades de Luanda e do Namibe. Para chegar à classificação que pretende, que consiste em superar o sexto lugar do Mundial de Vigo (Espanha), a selecção precisa de apurar-se para os quartos-de-final, embora se encontre numa série não muito acessível, ante a presença na mesma de Portugal, um dos mais sérios candidatos ao título. É uma tarefa bastante difícil, mas tudo é possível. Sei que Portugal tem muitas estrelas, mas Angola tem de tirar partido do facto de jogar em casa. O Arena de Luanda tem de ser uma muralha intransponível onde os nossos adversários sintam temor de lá jogar.


NAZARÉ CALISTO – Luanda
Campeão de cacimbo
-É certo que temos uma equipa jovem, mas essa juventude dá-nos esperanças de chegar ao objectivo. Todo o apoio é pouco para a nossa selecção.Estou feliz com o comportamento do meu Kabuscorp no presente Girabola. Sei que ainda há muito por jogar, mas a campanha da minha equipa é a melhor desde que me conheço como adepto. Estamos imbatíveis, pois ainda não perdemos na competição e isso só prova que as apostas feitas foram as mais acertadas. Creio que este ano podemos sonhar, de facto, com o título. Levamos uma vantagem sobre os principais rivais que pode ser gerida. As últimas jornadas vão ser a doer, com os outros candidatos a fazerem tudo para criar-nos algumas dificuldade e desalojarem-nos da liderança, mas acredito no valor dos nossos jogadores e do corpo técnico da equipa que já mostrou seriedade. Vamos continuar a fazer o nosso campeonato sem nos importarmos com o que os outros podem fazer, pois o importante é continuar na senda de vitórias, para no fim terminarmos na primeira posição.

ABRAÃO GUILHERME - Namibe
Atlético do Namibe em risco-
Sou adepto do Atlético do Namibe e sinto muito pelo momento actual da equipa no Girabola. No ano passado cantávamos eufóricos em face da prestação no campeonato, a ponto de ter sido qualificada como equipa sensação. Infelizmente, a falta de uma condição financeira estável não permitiu à equipa manter o mesmo esqueleto da edição anterior, nem o técnico Ernesto Castanheira. Em função disto, os resultados não têm sido muito simpáticos. A equipa tem vindo a somar derrotas atrás de derrotas. Talvez seja necessário fazer alguma coisa para evitar o pior.

Últimas Opinies

  • 19 de Agosto, 2019

    Como causar impacto atravs do marketing?

    De facto, para que se crie um impacto forte e eficaz através do marketing desportivo, é indispensável que os clubes e federações deem atenção ao formato comunicativo a ser utilizado.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Petro escorregou Vasiljevic j era

    O grande Petro já  atemoriza os seus adeptos em poder continuar a fazer travessia no deserto neste seu “hibernar” sem título desde 2009: empatou mesmo depois de o presidente.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Cartas dos Leitores

    Penso, que não há  muitas alterações  em relação aos candidatos, o 1º de Agosto procura o Penta e o Petro luta para quebrar o jejum de 10 anos, sem conquistar o campeonato.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Girabola de todos

    Soltaram-se assobios, no último fim-de-semana. Voltou aos palcos nacionais, o futebol de primeira grandeza. Ou seja, o campeonato nacional da primeira divisão, o nosso Girabola.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    O segundo pecado da FAF

    A direcção de Artur Almeida e Silva acaba de cometer o segundo pecado, na gestão dos destinos da Federação Angolana de Futebol(FAF). O primeiro, assenta na desorganização que já a caracteriza.

    Ler mais »

Ver todas »