Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas do Leitor

25 de Setembro, 2013
MATIAS DA SILVA - Luanda
Crise de resultados no Petro
- Sou adepto do Petro Atlético de Luanda. Fiquei decepcionado com a prestação e derrota da equipa na jornada passada diante do Benfica de Luanda.
Nesse jogo, a equipa voltou a revelar as suas debilidades, deixando claro que, para a presente edição o essencial será conseguir um lugar entre os melhores, deixando o sonho de fazer mais e melhor para a próxima temporada. Mas, ainda assim, não é motivo para entrar em desânimo. É certo que alguma coisa pode não estar bem na equipa. Mas, o Petro é uma equipa com maturidade quanto baste para conjugar esforços que permitam dar a volta por cima. Penso que a direcção deve procurar fazer um diagnóstico do que se está a passar de concreto para se corrigir o mal, já que, matematicamente, o segundo lugar ainda não está definitivamente perdido.


MADUREIRA LIMA – Luanda
Mundial de Hóquei em Patins -
O Mundial de Hóquei em Patins que o país organiza está ser mais uma oportunidade de mostrarmos as nossas capacidades organizativas. Será o primeiro mundial da modalidade que se realiza em África. E embora o hóquei em patins não seja muito praticado no continente africano, Angola estará, estou em crer, nas primeiras páginas dos jornais do Mundo durante os presentes dias da disputa da prova.
Como anfitriões, temos de ter uma postura digna, motivo pelo qual defendo a melhor prestação possível da selecção nacional que tão bem nos tem representado nas maiores “cimeiras” mundiais do hóquei em patins.
Este campeonato servirá, internamente, para alastrar a modalidade a todos os cantos do país numa grande massificação desportiva. Vamos todos dar as mãos para dignificar da melhor forma o país e o continente africano com uma organização exemplar.


JAIME ADELINO - Luanda
Derrota com o ASA foi o fim -
Depois da derrota do meu Petro na jornada passada do campeonato nacional de futebol da primeira divisão, quase perdi a esperança de acreditar que possamos conseguir este ano chegar pelo menos ao segundo lugar. Sei que nada ainda está perdido, mas parece-me que o 1º de Agosto e o Bravos do Maquis estão em melhores condições de disputarem o segundo lugar. Nos jogos que vêm fazendo, essas duas equipas têm mostrado muita combatividade, apesar de o Bravos do Maquis, na jornada do fim-de-semana, ter tido igualmente a mesma sorte, perdendo com o Atlético Sport Aviação (ASA).

Últimas Opinies

  • 22 de Agosto, 2019

    O divrcio anunciado

    Não faz ainda muito tempo do anúncio do divórcio, entre o órgão reitor do futebol nacional e o então seleccionador nacional de honras, o sérvio Srdjan Vasiljevic, que ontem deixou o país.

    Ler mais »

  • 22 de Agosto, 2019

    Corrigir o mal no futebol (I)

    A semana passada terminei o artigo com a seguinte sentença: “(…) é importante mudar de estratégia

    Ler mais »

  • 22 de Agosto, 2019

    Mais um falso arranque do Interclube

    Para o desalento dos prosélitos do futebol sénior masculino, as cortinas do Girabola Zap, versão 2019/20, foram descerradas com máculas na jornada inaugural que, mais uma vez, põem em causa a capacidade organizativa da Federação Angolana de Futebol (FAF), que parece apostada numa competição em que é premiada a instituição que mais erros comete ao longo do “consulado”.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    O pas dos amigalhaos

    Foi recentemente anunciada a rescisão contratual do treinador Srdjan Vasilevic com a Federação Angolana de Futebol.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Como causar impacto atravs do marketing?

    De facto, para que se crie um impacto forte e eficaz através do marketing desportivo, é indispensável que os clubes e federações deem atenção ao formato comunicativo a ser utilizado.

    Ler mais »

Ver todas »