Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas do Leitor

02 de Outubro, 2013
Tiago Ventura - Luanda
Justo campeão -
Penso que não há mais dúvidas de que temos finalmente um campeão. Quem acompanhou o campeonato vai concordar comigo: o Kabuscorp do Palanca é o justo vencedor. Ao subir ao pódio pela primeira vez, o Kabuscorp mostrou aos concorrentes directos e indirectos que preparou muito bem a época e fez um investimento sério para lograr o grande objectivo. Até à 25ª jornada, a equipa do Palanca não perdeu um jogo sequer e temos de convir que não é nada fácil manter uma performance competitiva deste nível. Mesmo nos grandes campeonatos europeus é quase raro verificarmos isso. O Kabuscorp é, até aqui, a equipa mais regular e mais competitiva, de tal sorte que vai conquistar o título sem esperar pelo fim do campeonato. Isso só pode ser fruto de muito trabalho e de uma conjugação de esforços de todos no clube: direcção, equipa técnica, atletas, elementos de apoio, sócios e adeptos. Sendo assim, estão, por isso mesmo, de parabéns pelo grande trabalho realizado.

Manuel Gomes - Moxico
Segundo lugar -
Com o campeão do Girabola praticamente já encontrado, o despique pelo segundo lugar vai centrar, certamente, as atenções nesta ponta final. Apesar de não ser uma equipa com tradição no campeonato, espero que a minha equipa consiga chegar a esse lugar, já que está a fazer uma belíssima época. Estamos a um ponto do 1º de Agosto e acho que temos condições para terminar ainda na qualidade de vice-campeões. O FC Bravos do Maquis tem equipa para isso e tem de se concentrar nesta ponta final para não perder qualquer jogo. O 1º de Agosto tem mostrado algum desgaste e pouca consistência e nas partidas que faltam tenho quase a certeza que vai perder mais alguns pontos, o que vai ser bom para os nossos objectivos. Se estivermos atentos e concentrados podemos perfeitamente ultrapassá-los e conseguir o lugar que nos pode colocar nas Afrotaças pela primeira vez.

Rosário André - Benguela
Cauda em alvoroço -
O campeonato está quente e mais quentes ainda estão as coisas na cauda da tabela classificativa do Girabola. Ainda não se sabe ao certo que equipas vão descer de divisão. A diferença de pontos entre um total oito é mínima, pelo que só as últimas jornadas vão determinar como as coisas vão ficar. Dos Sambilas, nono classificado, ao Santos FC, último colocado, todos correm sérios riscos e só o que puderem fazer nas jornadas que restam vai determinar quem fica e quem desce. Acredito que as últimas jornadas vão ser decisivas quanto a essa questão da permanência. Oxalá não haja jogos de bastidores e que os árbitros estejam à altura de corresponderem.

Últimas Opinies

  • 19 de Agosto, 2019

    Como causar impacto atravs do marketing?

    De facto, para que se crie um impacto forte e eficaz através do marketing desportivo, é indispensável que os clubes e federações deem atenção ao formato comunicativo a ser utilizado.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Petro escorregou Vasiljevic j era

    O grande Petro já  atemoriza os seus adeptos em poder continuar a fazer travessia no deserto neste seu “hibernar” sem título desde 2009: empatou mesmo depois de o presidente.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Cartas dos Leitores

    Penso, que não há  muitas alterações  em relação aos candidatos, o 1º de Agosto procura o Penta e o Petro luta para quebrar o jejum de 10 anos, sem conquistar o campeonato.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Girabola de todos

    Soltaram-se assobios, no último fim-de-semana. Voltou aos palcos nacionais, o futebol de primeira grandeza. Ou seja, o campeonato nacional da primeira divisão, o nosso Girabola.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    O segundo pecado da FAF

    A direcção de Artur Almeida e Silva acaba de cometer o segundo pecado, na gestão dos destinos da Federação Angolana de Futebol(FAF). O primeiro, assenta na desorganização que já a caracteriza.

    Ler mais »

Ver todas »