Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas dos leitor

24 de Abril, 2014
O jogo com o ASA é para ganhar. Vamos jogar em nossa casa e queremos provar este favoritismo. Sabemos que vai ser um grande jogo, mas acreditamos que o grupo está forte para vencer a partida”,
Bento Kangamba, presidente do Kabuscorp do Palanca.

Vamos direccionar as nossas atenções para as modalidades de sala, com realce para o hóquei em patins e o andebol, por que com o valor que recebemos e sem os apoios que necessitamos, não é possível participar nas provas nacionais com a equipa de futebol”,
João Pedro Paxe, Atlético do Namibe.

O governo da província tem estado a fazer o seu papel, que passa pelo apoio e na criação de todos as condições para que os jovens pratiquem de forma saudável o desporto. Várias infra-estruturas foram construídas para este fim”,
Narciso Costa, director provincial do Minjd do Namibe.

Realmente, estivemos bem em todos os aspectos, na verdade falhamos muito, mas tenho de realçar o grande volume atacante que demonstramos em todos os momentos da partida”,
Lúcio Antunes, treinador do Progresso Sambizanga

A PERGUNTA DO DIA
A Selecção Nacional de sub-20 vence hoje o primeiro amigável diante da congénere de Marrocos, em Rabat?


Esta é a ideia do grupo às ordens do Seleccionador Nacional de sub-20, Augusto Manuel. Espero que os nossos ilustres representantes saibam honrar as cores da nossa Bandeira, neste amigável. Força aos Palanquinhas e que possam jogar imbuídos de espírito de vitória, tal como deve acontecer no CAN de 2015 no Senegal.
Miguel Alfredo, gestor

A Selecção Nacional de sub-20 tem hoje em casa alheia, um jogo bastante difícil. Ainda que se trate de uma partida amigável diante de Marrocos, sabemos que o futebol praticado no norte do continente é mais desenvolvido, em virtude da proximidade com a Europa, realidade diferente em comparação com os países situados abaixo da linha do Equador.
César Betaleta, promotor de vendas

A Selecção Nacional está bastante optimista no que toca ao primeiro jogo amigável com a congénere de Marrocos, em Rabat, pois a equipa técnica orientada por Augusto Manuel convocou os melhores atletas que jogam no país e no estrangeiro, como por exemplo, o avançado Yuri Gomes atleta do Benfica de Portugal. Espero que a sorte esteja do nosso lado.
Fernando Gervásio, estudante.

AVALIAÇÃO JD
HORÁCIO MOSQUITO

Presidente do Recreativo da Caála - Positivo - O Caála está preocupado com o futuro do seu futebol. A direcção de Horácio Mosquito lança, este sábado, o projecto oficial para a abertura de escolas de formação, denominado “Escolas de Futebol Geração Caála”. A ideia é criar viveiros de futebol ao nível e massificar a modalidade no Huambo. Uma iniciativa que merece ser seguida.

JOÃO PEDRO PAXE
Presidente Atlético Namibe - Negativo -
O Atlético do Namibe anunciou a sua ausência no próximo zonal de apuramento ao Girabola por falta de dinheiro, o que deixou os adeptos indignados, por que querem voltar a ver futebol de primeira água. Conforme o presidente Paxe, o clube vai apenas apostar nas modalidades de sala, pelo que o futebol no clube pode desaparecer de vez.

Últimas Opinies

  • 19 de Agosto, 2019

    Como causar impacto atravs do marketing?

    De facto, para que se crie um impacto forte e eficaz através do marketing desportivo, é indispensável que os clubes e federações deem atenção ao formato comunicativo a ser utilizado.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Petro escorregou Vasiljevic j era

    O grande Petro já  atemoriza os seus adeptos em poder continuar a fazer travessia no deserto neste seu “hibernar” sem título desde 2009: empatou mesmo depois de o presidente.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Cartas dos Leitores

    Penso, que não há  muitas alterações  em relação aos candidatos, o 1º de Agosto procura o Penta e o Petro luta para quebrar o jejum de 10 anos, sem conquistar o campeonato.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Girabola de todos

    Soltaram-se assobios, no último fim-de-semana. Voltou aos palcos nacionais, o futebol de primeira grandeza. Ou seja, o campeonato nacional da primeira divisão, o nosso Girabola.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    O segundo pecado da FAF

    A direcção de Artur Almeida e Silva acaba de cometer o segundo pecado, na gestão dos destinos da Federação Angolana de Futebol(FAF). O primeiro, assenta na desorganização que já a caracteriza.

    Ler mais »

Ver todas »