Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas dos leitor

21 de Junho, 2014
A ideia é ainda somar mais três pontos na primeira volta, pois ainda temos o jogo em atraso com o 1º de Maio de Benguela, para acerto da nona jornada do Girabola 2014, encostar ao grupo de cima e poder fazer uma segunda volta tranquila”.
Alexandre Grasseli, treinador do Petro de Luanda.

Temos um grupo bastante novo, devido ao processo de renovação que estamos a levar a cabo a nível da Selecção A. Independentemente disso, vamos fazer tudo para representarmos condignamente o país no Torneio Internacional de Alexandria".
Paulo Macedo, técnico do "cinco" Nacional.

Não estamos preocupados, porque apesar de as selecções não estarem ainda a trabalhar, os potenciais atletas estão em actividade e isso dá-nos garantias de que os seus níveis vão ser aceitáveis".
António da Luz, coordenador dos IX Jogos da CPLP.

É sempre bom recebermos estas visitas, para as atletas é um excelente elemento de motivação. O presidente pediu às jogadoras que se empenhem nas suas carreiras, que vissem o exemplo dss atletas seniores que fizeram o mesmo percurso".
Quinteiro Teresa, Seleccionador Nacional de andebol.


A PERGUNTA DO DIA
Que benefícios o Torneio Internacional infanto-juvenil "Geração do Futuro" realizado pela AFA pode trazer para o nosso país?


Os benefícios são vários e da mais variada ordem, pois a realização do torneio "Geração do Futuro" sob tutela da Academia de Futebol de Angola, para além da actividade futebolística dos petizes, inclui seminários com os treinadores nacionais que visam melhorar o trabalho técnico a ter com as crianças". Wyvanney Rafael, estudante.

O presidente da FAF, Pedro Neto, manifestou tamanha satisfação pela iniciativa da AFA em organizar a primeira edição do Torneio Internacional infantil denominado "Geração do Futuro", pois todos sabemos, que no país não se realizam campeonatos nas categorias de sub-10". Casimiro Barros, estudante.

Durante o Torneio Internacional "Geração do Futuro" que termina hoje nas instalações desportivas da Academia de Futebol de Angola, a FAF, por intermédio da sua direcção fez saber que apoiou o certame de forma institucional, ou seja, cedeu árbitros, regulamentos e organização de jogos, etc., etc. Bem haja pelo futuro dos craques do futebol nacional".Acer Eduardo, estudante.

AVALIAÇÃO JD

CARLOS LUÍS
Presidente da FABOXE - Positivo -
Trinta e um anos depois, o boxe angolano está presente no "Africano" a decorrer na cidade do Cabo, África do Sul. E para provar que estamos no caminho certo, dois angolanos atingiram as meias-finais. Nada está ganho, é verdade, mas é um bom indicativo do progresso da modalidade.


LÚCIO ANTUNES
Técnico do Progresso - Negativo -
O Progresso, depois de um início avassalador, claudicou nas últimas jornadas. A equipa baixou alguns degraus e à entrada da segunda volta do Girabola ocupa o modesto oitavo lugar. Sabe-se que as metas estabelecidas por Paixão Júnior passam pelos cinco primeiros, Antunes tem de fazer muito mais.

Últimas Opinies

  • 19 de Agosto, 2019

    Como causar impacto atravs do marketing?

    De facto, para que se crie um impacto forte e eficaz através do marketing desportivo, é indispensável que os clubes e federações deem atenção ao formato comunicativo a ser utilizado.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Petro escorregou Vasiljevic j era

    O grande Petro já  atemoriza os seus adeptos em poder continuar a fazer travessia no deserto neste seu “hibernar” sem título desde 2009: empatou mesmo depois de o presidente.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Cartas dos Leitores

    Penso, que não há  muitas alterações  em relação aos candidatos, o 1º de Agosto procura o Penta e o Petro luta para quebrar o jejum de 10 anos, sem conquistar o campeonato.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Girabola de todos

    Soltaram-se assobios, no último fim-de-semana. Voltou aos palcos nacionais, o futebol de primeira grandeza. Ou seja, o campeonato nacional da primeira divisão, o nosso Girabola.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    O segundo pecado da FAF

    A direcção de Artur Almeida e Silva acaba de cometer o segundo pecado, na gestão dos destinos da Federação Angolana de Futebol(FAF). O primeiro, assenta na desorganização que já a caracteriza.

    Ler mais »

Ver todas »