Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas dos Leitores

14 de Novembro, 2015
Na altura certa, poderei dar a conhecer, a minha nova equipa. Apenas recebi algumas propostas, mas não há ainda nada de concreto. Ainda não tomei uma decisão em relação ao meu futuro. Estou a analisar, para ver o que será melhor para mim e para a minha família"
PINGO MATEUS , ex-atleta do Progresso

A minha conquista, do título de Mestre Internacional, foi o primeiro de Angola e da África subsaariana. Na altura, com 20 anos de idade, conquistei a norma de Mestre Internacional no Campeonato Zonal de África de 1987, realizado em Luanda. Participaram os melhores xadrezistas de África, com destaque para os egípcios e nigerianos.
MANUEL MATEUS , primeiro mestre internacional

Ao longo dos 40 anos de independência nacional, desportivamente, o nosso país teve muitos ganhos. Somos testemunhas dos campos e dos multiusos, construídos em algumas províncias, nos últimos anos. Tudo isto, foi feito como resultado da independência e da paz. Hoje, com as vias abertas, todos podem visitar essas infra-estruturas.
ANA ISABEL, antiga fundista

Afastei-me do futebol e dos estudos, para me dedicar na íntegra, ao ténis. Comecei pela prática de futebol. Representei as equipas da Ambaca e do Sporting da Quibala. Antes da independência joguei no Luanda, Sporting de Luanda e no Maxinde de Malanje. Em determinada altura, descobri, que a minha vocação não era o futebol.
GANINO , lenda do Ténis Nacional


A PERGUNTA DO DIA
Angola qualificou-se, recentemente, para o CHAN'2018. Podemos considerar o feito como um brinde aos 40 anos da nossa independência?

A nação acredita, nas potencialidades futebolísticas dos Palancas Negras, motivo pelo qual estamos orgulhosos do crescimento competitivo que os nossos representantes têm feito nos últimos jogos, apesar de reconhecermos também o valor de cada adversário. André Maurício , estudante

O apuramento ao CHAN, vem de certa forma justificar o trabalho desenvolvido pela equipa técnica nacional, às ordens do professor Romeu Catato Filemon e por este motivo, estamos expectantes em carimbar o passe para o mundial, de formas a honrarmos os 40 anos da "Dipanda". Mário Bento , agente de relações públicas

O país vive, euforicamente, as festividades da Independência Nacional desde o primeiro dia do ano e o mesmo só termina a 31 de Dezembro, como não podia deixar de ser. Caso nos apuremos para a maior cimeira do futebol mundial, ia aumentar o nosso orgulho de sermos angolanos. Moisés Caculo , funcionário público

AVALIAÇÃO JD

GERSON
Ponta dos Palancas=Positivo

No meio de uma orquestrada desafinada a todos os níveis o jovem atleta do 1º de Agosto acabou por fazer alguma diferença. Esteve em quase todos os lances, sendo que algumas jogadas por si desenvolvidas só não tiveram perfeita finalização por falta de apoio dos seus companheiros. Diga-se, de passagem, este jovem vai longe.

ROMEU FILEMON
Seleccionador nacional=Negativa

Ciente da importância de que se revestia o jogo, Romeu Filemon devia ser mais ambicioso e estratega. Faltou um pouco este sentido. Por exemplo não tinha nada que sair a jogar com dois pivots ( médios). O Gerson esteve durante muito tempo desapoiado e o Bua, que revelou nervosismo logo à partida, não devia sequer ter entrado em campo. E agora?

Últimas Opinies

  • 22 de Agosto, 2019

    O divrcio anunciado

    Não faz ainda muito tempo do anúncio do divórcio, entre o órgão reitor do futebol nacional e o então seleccionador nacional de honras, o sérvio Srdjan Vasiljevic, que ontem deixou o país.

    Ler mais »

  • 22 de Agosto, 2019

    Corrigir o mal no futebol (I)

    A semana passada terminei o artigo com a seguinte sentença: “(…) é importante mudar de estratégia

    Ler mais »

  • 22 de Agosto, 2019

    Mais um falso arranque do Interclube

    Para o desalento dos prosélitos do futebol sénior masculino, as cortinas do Girabola Zap, versão 2019/20, foram descerradas com máculas na jornada inaugural que, mais uma vez, põem em causa a capacidade organizativa da Federação Angolana de Futebol (FAF), que parece apostada numa competição em que é premiada a instituição que mais erros comete ao longo do “consulado”.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    O pas dos amigalhaos

    Foi recentemente anunciada a rescisão contratual do treinador Srdjan Vasilevic com a Federação Angolana de Futebol.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Como causar impacto atravs do marketing?

    De facto, para que se crie um impacto forte e eficaz através do marketing desportivo, é indispensável que os clubes e federações deem atenção ao formato comunicativo a ser utilizado.

    Ler mais »

Ver todas »