Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas de Leitores

21 de Agosto, 2015
O adepto fica connosco tanto para cobrar como para elogiar é o papel dele e a nossa resposta é trabalhar para dar alegria”.
Alexandre Grasseli, Petro de Luanda.

Temos muita sorte porque o atletismo é um desporto que pode disputar-se 12 meses por ano. Temos de assegurar que o calendário seja bem estruturado e que os grandes momentos da temporada cativem o público”.
Sebastien Coe, novo presidente da Federação Internacional de Atletismo.

O treinador do Lausanne, Anderson Willian, chamou-me e deu-me a notícia: Aldair, tu acabaste de ganhar uma bolsa de estudo para jogar na BCI pela nossa equipa. Não acreditei. Fiquei incrédulo, curiosamente no último jogo da época”.
Aldair Josemar Carlos, basquetebolista angolano.

Estou a trabalhar separado do grupo, porque não tenho dinheiro para abastecer a viatura. Treino com o meu guia no complexo Olímpáfrica, por se situar próximo de casa. Aguardo pelo estágio da Selecção Nacional no Huambo, para me juntar ao grupo”.
José Armando Sayovo, velocista paralímpico.


A PERGUNTA DO DIA
O avançado Yano tem potencialidades para se manter na liderança da lista dos melhores marcadores da presente época?


O pouco rendimento de golos que o melhor marcador do Progresso Associação do Sambizanga tem vindo a ter, apesar de estar na liderança dos artilheiros, ainda assim podemos dizer que Yano precisa suplantar os seus adversários directos, Pedro (Benfica), Meyong (Kabuscorp) e Jiresse (Petro). Constantino Costa, funcionário público.

O avançado dos Sambilas deu sinais de melhoria durante as últimas jornadas realizadas e por este motivo, já facturou dez golos o que lhe catapultou maior número em relação aos demais. Com esta força de vontade quando ainda faltam oito jornadas, façamos votos de mais golos. Miguel Rául, estudante.

A experiência que este profissional da bola tem pelo campeonato principal de futebol da Primeira Divisão, em que já tinha conquistado o título de melhor marcador, serve nesta hora decisiva de incentivo para que possa marcar mais golos e se manter na liderança. José Benje, estudante.

AVALIAÇÃO JD

JERSON EMILIANO
Árbitro auxiliar FIFA - Positivo

Jerson Emiliano continua a ganhar confiança das estruturas que regem o futebol em África e no Mundo. Desta feita, o auxiliar angolano foi chamado pela FIFA para estar presente no Mundial de sub-17 que tem lugar no Chile, em Novembro deste ano. Jerson começou a carreira em 2004 e três anos depois foi promovido a juiz da FIFA.

ALBANO CÉSAR
Treinador do Progresso - Negativo

Com uma sequência de jogos difícil, a vida não está fácil para o técnico Albano César e o seu Progresso. A equipa tem dificuldades em vencer, e depois de perder na ronda transacta para o 1º de Agosto, os sambilas têm neste fim-de-semana uma nova partida diante de outro candidato ao título, kabuscorp, em que têm de dar tudo para pontuar.

Últimas Opinies

  • 19 de Agosto, 2019

    Como causar impacto atravs do marketing?

    De facto, para que se crie um impacto forte e eficaz através do marketing desportivo, é indispensável que os clubes e federações deem atenção ao formato comunicativo a ser utilizado.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Petro escorregou Vasiljevic j era

    O grande Petro já  atemoriza os seus adeptos em poder continuar a fazer travessia no deserto neste seu “hibernar” sem título desde 2009: empatou mesmo depois de o presidente.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Cartas dos Leitores

    Penso, que não há  muitas alterações  em relação aos candidatos, o 1º de Agosto procura o Penta e o Petro luta para quebrar o jejum de 10 anos, sem conquistar o campeonato.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Girabola de todos

    Soltaram-se assobios, no último fim-de-semana. Voltou aos palcos nacionais, o futebol de primeira grandeza. Ou seja, o campeonato nacional da primeira divisão, o nosso Girabola.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    O segundo pecado da FAF

    A direcção de Artur Almeida e Silva acaba de cometer o segundo pecado, na gestão dos destinos da Federação Angolana de Futebol(FAF). O primeiro, assenta na desorganização que já a caracteriza.

    Ler mais »

Ver todas »