Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas de Leitores

15 de Agosto, 2016
Os atletas paralímpicos necessitam de vários apoios desde sociais até ao calor humano. Durante esta cerimónia foi possível transmitir a eles o nosso carinho do qual espero que se transforme em resultados positivos no Rio de Janeiro.
Botelho de Vasconcelos , ministro dos Petróleos.

Em termos competitivos a Faia estava muito bem preparada e tinha como objectivo chegar o mais longe possível. No primeiro combate demonstrou toda a sua superioridade diante da venezuelana. Por isso, acho que foi um momento de muita pressão psicológica e a grande responsabilidade que sobre si recaia em tentar o inédito.
Quintino Cabral, antigo presidente da Federação Angolana de Judo.

Nós viemos para Luanda disputar os três pontos. Não conseguimos porque sofremos dois golos, um dos quais de penaltie, que para mim antes aconteceu uma falta contra o ASA. Não gostei do comportamento do árbitro, só temos que continuar a trabalhar, ainda faltam nove jogos e tudo pode acontecer.
Sarmento Seke, treinador do Porcelana FC.

Foi um belíssimo jogo de primeira jornada, muito bem disputado. Parabéns ao Tondela. Mas foi uma vitória que procurámos, quisemos e conseguimos. Num jogo intenso, bem disputado, com um estádio cheio e um ambiente muito bom. Ganhámos e foi uma primeira jornada positiva para nós.
Rui Vitória, técnico do Sport Lisboa e Benfica.


A PERGUNTA DO DIA
O que fazer para dar um novo impulso ao futebol feminino no país?

As entidades máximas do desporto nacional devem começar a pensar mais na modalidade neste escalão. A falta de atenção e patrocínios tem sido o maior impasse para o desenvolvimento das equipas de futebol feminino no país. É preciso apoiar mais a modalidade nesta classe. Nelo Pascoal , funcionário público.

O nosso desporto ainda apresenta muitas debilidades. Se no futebol masculino existem equipas que tencionam desistir das competições por falta de finanças, imagina o futebol feminino que nunca teve grande expressão. Se os apoios surgirem as coisas podem melhorar muito. Felizardo Barros, funcionário público.

Penso que deveriam começar da base, formando atletas nas escolas de formação e posteriormente colocá-las nas equipas. Não sei se ainda existem equipas de futebol feminino no país, mas seria bom que se criassem novos clubes, ou se investisse nos apoios ás equipas já existentes. Alfredo Ngita, funcionário público.

Últimas Opinies

  • 21 de Março, 2019

    Um regresso depois de quase dez anos

    Volvidos quase dez anos, volto a assumir uma missão como enviado especial do Jornal dos Desportos, título para o qual escrevo desde o ano de 1997, e que nesse momento assumo o cargo de editor, depois de já ter sido sub-editor e correspondente provincial.

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    A eliminao do Petro e o tal patriotismo

    Terminada a participação Petro de Luanda, na Taça Nelson Mandela, é normal que por esta altura, esteja a ser feita uma profunda reflexão em torno da participação na referida competição africana, nos mais diversos aspectos que ela comporta, sem descorar, portanto, a (des) continuidade do técnico Beto Bianchi, que mais uma vez não conseguiu o troféu de uma competição em que esteve envolvido. 

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    Palancas Negras de olhos no Egipto

    A Selecção Nacional de futebol honras, vulgo Palancas Negras, só depende de si para chegar à fase final do Campeonato Africano das Nações (CAN) de 2019, que vai ser disputado no Egipto.

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    Cartas dos Leitores

    Procuramos fazer tudo para vencer o jogo, mas não conseguimos, porque o adversário  (Recreativo do Libolo) foi competente e inteligente, assim como conseguiu aproveitar as nossas falhas defensivas e, em lances de bolas paradas, marcaram os dois golos.

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    Zebras para domar...

    A Selecção Nacional de futebol de honras, às ordens do sérvio Srdjan Vasiljevic, decide amanhã, em Franciston, Botswana, a qualificação para o Campeonato Africano das Nações (CAN), que o Egipto acolhe de 19 de Junho a 21 de Julho deste ano.

    Ler mais »

Ver todas »