Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas de Leitores

24 de Agosto, 2016
O nível técnico evidenciado neste torneio, satisfaz porque foi bastante elevado. Portanto, em 25 pratos tivemos 25 pratos acertados. Num dos desempates, houve 15 tiros, 15 acertos. Portanto, o nível foi bom.
General Francisco Afonso "Hanga", presidente da Federação Angolana de Tiro aos Pratos.

Temos no país, sobretudo nas províncias costeiras, muita gente que se dedica à pesca de lazer que podem ingressar nas diferentes equipas. Estamos a estudar formas de alargar as provas de pesca desportiva aos rios e lagoas, e com isso teremos mais atletas, a contar com os do interior do país.
Fernando Santos, presidente da Federação Angolana de Pesca Desportiva.

Estamos a viver mais um momento especial, acabamos de merecer a confiança dos associados para mais um mandato, na condução dos destinos da Escola Desportiva do Curtume. É hora de arregaçar as mangas, de formas a vermos a nossa instituição subir cada vez mais.
Santos Domingos Gaspar, presidente da Escola do Curtume.

Tentamos melhorar em cada edição. Ainda este ano, no encontro nacional do MNE agendado para Dezembro, vamos rever as normas e regulamentos. Tem havido algum descontentamento no que diz respeito à inscrição de atletas que jogaram nos campeonatos provinciais.
António Fiel “Didi”, vice-presidente do Movimento Nacional Espontâneo.

A PERGUNTA DO DIA
A FAF deve interditar o campo do Porcelana após os distúrbios no jogo com o Petro de Luanda?


Penso que não, porque isso, implicaria outros transtornos para o Girabola. É certo que estas atitudes devem ser desencorajadas, porque mancham o nosso futebol. Os adeptos agiram mal, porque ficou provado que de facto existiu penálti, mas infelizmente nós não sabemos perder.Rui da Fonseca , estudante.

Deve, sim, punir o Porcelana. Estas práticas devem parar. Não digo que se deva interditar o campo, mas se tiver outra maneira de castigar, que seja para que as coisas comecem a andar como devem ser. A arbitragem assinalou a grande penalidade, e houve mesmo. Então, devem aceitar a decisão do árbitro. Evander de Carvalho , estudante.

A FAF deve interditar o campo. O futebol é algo que deve trazer união entre os irmão, e não birras. Quando entramos em campo, temos de estar em condições de vencer ou perder. O lance foi duvidoso, o defesa do Porcelana eleva-se e a bola bate-lhe na mão. Seja como for o comportamento não se justifica.António Pedro, funcionário privado.

Últimas Opinies

  • 23 de Março, 2019

    Agora que venha o CAN do Egipto!

    Que venha agora o CAN do Egipto! Sim, que  venha o Campeonato Africano das Nações porque a fase de qualificação ficou já para atrás. 

    Ler mais »

  • 23 de Março, 2019

    Cartas dos Leitores

    Estou aqui para trabalhar. É uma realidade nova para mim. Nunca estive em África.

    Ler mais »

  • 23 de Março, 2019

    Angola est no Egipto

    O país acordou, hoje, na ressaca da explosão festiva resultante da qualificação da selecção nacional de futebol, ao Campeonato Africano das Nações, a disputar-se em Junho e Julho, no Egipto.

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    Amanh um "tudo ou nada

    Amanhã é uma espécie de Dia D, para nós, e tal fica a dever-se aos ‘’Palancas Negras’’

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    Um regresso depois de quase dez anos

    Volvidos quase dez anos, volto a assumir uma missão como enviado especial do Jornal dos Desportos, título para o qual escrevo desde o ano de 1997, e que nesse momento assumo o cargo de editor, depois de já ter sido sub-editor e correspondente provincial.

    Ler mais »

Ver todas »