Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas de Leitores

29 de Agosto, 2016
“Este foi um torneio muito bem disputado pelas equipas do 1º de Agosto, Académica, Misto do Namibe, Benguela, do Ferroviário de Maputo (Moçambique) e da África do Sul, em que os representantes nacionais impuseram-se. Isso demonstra que existe um verdadeiro trabalho de massificação nas outras províncias do nosso país.
Carlos Alberto Jaime , presidente da Federação Angolana de Patinagem

Estamos aqui no desporto angolano para apoiar tudo quanto está a fazer em prol do nosso futebol. Foi um bom jogo, é um torneio, mas que é sempre bom ganhar. Estamos na final, vamos tentar fazer tudo na possibilidade de vencer este quadrangular.
Filipe Nzanza , treinador-adjunto do 1º de Agosto

Acho que foi um trâmite que tínhamos que passar, aproveitamos para dar oportunidade aos jovens que não tem tido oportunidades de jogar no campeonato. Para o jogo de amanhã (hoje), que vai apurar o terceiro lugar, não nos interessa tanto, pois o que me interessa é a Taça (de Angola) e o campeonato (Girabola Zap) que ainda podemos tentar alguma coisa.
Beto Bianchi , treinador do Petro de Luanda.

Entendemos que existem muitos projectos que ficaram por se concluir e não seria bom deixar esta tarefa para outrem. Temos por exemplo a questão da abertura das associações nas províncias do Bengo, Lunda Norte e Zâire, que são as únicas que ainda não estão oficialmente promovidas.
Auxílio Jacob , presidente da Federação Angolana de Ginástica.


A PERGUNTA DO DIA
A Selecção Nacional feminino de basquetebol de Sub 18 tem hipóteses de qualificar-se para a final do africano do Egipto?

Esta selecção de sub 18 tem tudo para conseguir esta qualificação no Egipto. A equipa tem mostrado estar em forma tem ambição de conquistar o título. Nos vimos que na edição passada do Africano também do Egipto, esta selecção ficou em terceiro lugar.Adão Massungo , funcionário privado.

Penso que o basquetebol nacional tanto masculino como o feminino não tem apresentado grandes problemas em termos de resultados. A presente selecção feminina é bastante jovem e está a despontar com grande segurança. Já carregam experiencias nestas competições e podem chegar à final.João Simão , funcionário privado.

Em termos de motivação, podemos dizer que as comandadas de Leonel Manhique estão em alta, prova disso é a recente conquista no Torneio Internacional da Universidade Witts, durante um estágio efectuado em Joanesburgo. Vamos apoiar, incentivar para que elas possam avançar.Mauro Pedro , ardina.

Últimas Opinies

  • 19 de Agosto, 2019

    Como causar impacto atravs do marketing?

    De facto, para que se crie um impacto forte e eficaz através do marketing desportivo, é indispensável que os clubes e federações deem atenção ao formato comunicativo a ser utilizado.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Petro escorregou Vasiljevic j era

    O grande Petro já  atemoriza os seus adeptos em poder continuar a fazer travessia no deserto neste seu “hibernar” sem título desde 2009: empatou mesmo depois de o presidente.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Cartas dos Leitores

    Penso, que não há  muitas alterações  em relação aos candidatos, o 1º de Agosto procura o Penta e o Petro luta para quebrar o jejum de 10 anos, sem conquistar o campeonato.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Girabola de todos

    Soltaram-se assobios, no último fim-de-semana. Voltou aos palcos nacionais, o futebol de primeira grandeza. Ou seja, o campeonato nacional da primeira divisão, o nosso Girabola.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    O segundo pecado da FAF

    A direcção de Artur Almeida e Silva acaba de cometer o segundo pecado, na gestão dos destinos da Federação Angolana de Futebol(FAF). O primeiro, assenta na desorganização que já a caracteriza.

    Ler mais »

Ver todas »