Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas de Leitores

26 de Setembro, 2015
Não pode ser de outra forma. Estou em Angola há muitos anos, conheço o futebol daqui e não posso deixar de acreditar que uma equipa que invista tanto não possa ser campeão. É obrigado a ser campeão".
Drasko Stoiljkovic, antigo técnico do Kabuscorp.

O objectivo era chegar ate às meias-finais como aconteceu na época passada, mas a equipa não foi capaz de repetir o feito. Com este desaire só resta trabalhar para ficarmos entre os primeiros seis classificados do Girabola2015”.
Albano César, treinador do Progresso Sambizanga.

O ASA é uma equipa jovem, a semelhança da nossa. Por isso, acho que será um jogo difícil e tratando-se de um dérbi, vamos lutar pelos três pontos, o único resultado que interessa para mantermos vivo os nossos objectivos ".
Ekundi, defesa do 1º de Agosto.

Eu ganhei quatro Grand Slams consecutivos, cheguei às semifinais no último e eu fiz isso duas vezes. Quantas pessoas fizeram isso? Então, sim, não foi uma derrota para mim, foi uma vitória e uma experiência de aprendizagem".
Serena Williams, tenista norte-americana.

A PERGUNTA DO DIA
A crise financeira que nesta altura parece agitar o Kabuscorp do Palanca pode levar a equipa a descer de divisão?


A crise financeira que abalou o país afectou directamente as instituições, quer sejam do Estado ou do sector privado. E o Kabuscorp, uma instituição de utilidade pública, não foge a esta realidade. Ainda assim esperamos que a sua direcção saiba dar a volta por cima."Abraão Pedro, estudante.

O caso é realmente sério, pois pelo historial financeiro que este clube sempre granjeou no panorama nacional e internacional, era pouco imaginável ouvirmos uma noticia desta. Kangamba precisa pagar as dívidas, casco contrário sofrerá com as consequências. Celestino Teta, estudante.

O salário de um certo trabalho prestado é o único meio de sustentabilidade do homem. A equipa do empresário Bento Kangamba atravessa sérios problemas financeiros. Vários rumores vieram a tona, por isso não é nenhuma novidade. Terá de superar tudo isso.Faustino da Costa, estudante.

AVALIAÇÃO JD

ALBERTO CARDEAU
Técnico do Maquis - Positivo

O afastamento do Recreativo do Libolo dos quartos de final da Taça de Angola, em pleno "Inferno de Calulo", diante do Bravos do Maquis, surpreendeu todos os amantes do futebol. A tese segundo a qual no futebol não há vencedores antecipados, foi confirmada em Calulo. Bem haja Cardeau!

Últimas Opinies

  • 19 de Agosto, 2019

    Como causar impacto atravs do marketing?

    De facto, para que se crie um impacto forte e eficaz através do marketing desportivo, é indispensável que os clubes e federações deem atenção ao formato comunicativo a ser utilizado.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Petro escorregou Vasiljevic j era

    O grande Petro já  atemoriza os seus adeptos em poder continuar a fazer travessia no deserto neste seu “hibernar” sem título desde 2009: empatou mesmo depois de o presidente.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Cartas dos Leitores

    Penso, que não há  muitas alterações  em relação aos candidatos, o 1º de Agosto procura o Penta e o Petro luta para quebrar o jejum de 10 anos, sem conquistar o campeonato.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Girabola de todos

    Soltaram-se assobios, no último fim-de-semana. Voltou aos palcos nacionais, o futebol de primeira grandeza. Ou seja, o campeonato nacional da primeira divisão, o nosso Girabola.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    O segundo pecado da FAF

    A direcção de Artur Almeida e Silva acaba de cometer o segundo pecado, na gestão dos destinos da Federação Angolana de Futebol(FAF). O primeiro, assenta na desorganização que já a caracteriza.

    Ler mais »

Ver todas »