Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas de Leitores

26 de Julho, 2015
Felizmente, temos quase todas as selecções nacionais a trabalharem. O basquetebol feminino é a única que não está a trabalhar e desconhecemos as razões. O andebol está a cumprir um trabalho específico, tanto em masculino como em feminino”.
António da Luz, coordenador para os Jogos Africanos.

O trabalho desenvolvido durante estes dois meses e meio, acabou por ser proveitoso, porque os atletas acabaram por assimilar os vários conceitos da equipa técnica. Nesta altura, os atletas estão em condições de começar a odisseia para a luta do título africano”.
Miguel Lutonda, técnico adjunto da selecção de Sub-16.

Foi um jogo difícil, este com o Petro, que é uma equipa que sabe jogar futebol. Os nossos jogadores lutaram até ao fim para conseguir a vitória. Estamos muito satisfeitos com este resultado. Quanto ao segredo da vitória, posso dizer que é o trabalho”.
Veselin Vesko, técnico do Interclube.

O Petro de Luanda foi a única equipa, que desde o início da partida, visou a baliza adversária. Quando se tem uma equipa que tem tantos jovens como Mavambu, Diógenes, dentre outros, em campo, tem alguma ansiedade”.
Alexandre Grasseli, técnico do Petro.

A PERGUNTA DO DIA
Ao longo dos 40 anos de Independência Nacional, que se assinala a 11 de Novembro, o desporto tem sido uma das molas impulsionadoras da nossa união?


Um país independente como a nossa nação, tem no capítulo desportivo, muitos ganhos, ou seja, os seus atletas jogam com honra, determinação e acima de tudo, muito carinho. Tudo isso, constatamos nos ganhos alcançados de Cabinda ao Cunene. Francisco Félix , fotógrafo.

Os criadores dos Jogos Olímpicos, durante o consulado da Grécia antiga, utilizavam o desporto como uma plataforma de união para entreter os povos da terra, e esta verdade espalhou-se pelo mundo inteiro. Quanto à nossa realidade, o desporto não é excepção. Mateus do - ré - mi, poeta.

Os êxitos desportivos, da Angola independente, são numerosos, tudo porque os atletas nas mais variadas modalidades passaram a jogar mentalizados, por estarem a viver no próprio país, livre do jugo colonial. Isso, eleva, enaltece e dá dignidade, é por isso, que os efeitos são muitos. Pedro Enoque, gestor de vendas.

AVALIAÇÂO JD

JOÃO PAULO
Técnico do Libolo - Positivo
- O Recreativo do Libolo está a ter um início de segunda volta arrasador. Nos três jogos somou outras tantas vitórias, prenúncio de que com maior ou menor dificuldade, vai revalidar o título conquistado o ano passado. No sábado, mostrou a sua classe ao arrasar o Desportivo da Huíla. Motivo para sorrir.

IVO TRAÇA
Técnico do Desportivo - Negativo -
Em nove pontos possíveis, o único representante da Huíla na fina flor do futebol nacional, conseguiu apenas um, performance que tem levado a equipa a baixar, jornada após jornada, na tabela classificativa. Está agora em zona movediça, a que dita a despromoção. Situação complicada, diga-se.

Últimas Opinies

  • 24 de Agosto, 2019

    O amiguismo na resciso

    O assunto de momento no nosso futebol, convenhamos, é sem dúvidas o desenlace entre a Federação Angolana de Futebol (FAF) e o técnico Srdjan Vasiljevic, em face de algumas situações que vinham acontecendo e que originou que se estalasse o verniz.

    Ler mais »

  • 24 de Agosto, 2019

    Cartas dos Leitores

    Os jogadores aguardaram isso dos dirigentes, para que a motivação crescesse

    Ler mais »

  • 24 de Agosto, 2019

    O sonho dos grupos

    Após as vitórias extramuros nas deslocações à Tanzânia e ao Lesotho, o 1º de Agosto e Petro têm, neste fim-de-semana, a oportunidade soberana de confirmarem a qualificação para última eliminatória de acesso a fase de grupos da Liga dos Campeões Africanos.

    Ler mais »

  • 22 de Agosto, 2019

    Cartas dos Leitores

    Viemos a público para responder ou esclarecer o que aconteceu.

    Ler mais »

  • 22 de Agosto, 2019

    O divrcio anunciado

    Não faz ainda muito tempo do anúncio do divórcio, entre o órgão reitor do futebol nacional e o então seleccionador nacional de honras, o sérvio Srdjan Vasiljevic, que ontem deixou o país.

    Ler mais »

Ver todas »