Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas de Leitores

06 de Abril, 2016
Estou a viver um bom momento e espero aproveitar para ajudar a equipa a alcançar os objectivos. (...) Quero dar sempre o máximo para colaborar em tudo que for necessário, mas sobretudo para merecer a confiança do professor Maki.
Trésor, médio ofensivo do Sagrada Esperança.

As portas estão abertas a todos os benfiquistas para que possamos elevar o clube a um patamar melhor do que se encontra. O meu repto vai para todos aqueles que apostam no crescimento e desenvolvimento do Benfica e que procura estar presente no clube (...).
Jacques da Conceição, novo presidente do Benfica do Lubango.


(...) Foi muito bom ver centenas de crianças a jogar, confiantes de que amanhã podem ser as nossas campeãs. Ver as antigas praticantes de regresso às quadras foi algo ímpar. Devo dizer que o legado foi passado. Para chegarmos onde chegamos tivemos de fazer conquistas.
Nair Almeida, ex-internacional de andebol.

Foi um fim de semana para esquecer. Tivemos problemas durante as sessões de treino e, no fim, conseguimos uma primeira fila na classificação e uma boa largada, mas com essas condições e pontos molhados em algumas curvas, não estava confortável.
Jorge Lorenzo, piloto da Yamaha.


A PERGUNTA DO DIA

Quais os mecanismos que os promotores desportivos devem adoptar para que a expansão do voleibol seja uma realidade em todo o país?


A organização responsável por este desafio sabe e muito bem quais as metas atingir para que a massificação da prática do voleibol seja mesmo um verdadeiro sucesso em todas as localidades. A direcção tem estado nas províncias e a partir da realidade local pode encontrar as melhores soluções para este objectivo. Jane Lopes, jornalista.

À semelhança dos grandes feitos desportivos do passado, isto é antes e depois da independência em que se empenhava à "caça ao talento" pelo interior do país, pensamos que é necessário seguirmos as mesmas peugadas. O país tem população jovem e que gosta de desporto. Penso que basta criarem-se as condições porque o capital humano não falta.Maura Dala, funcionária pública.

A participação activa dos meios de comunicação social com apelo e sensibilização pode ser uma forma de contribuir para esta expansão e massificação, mas a própria federação tem de ter uma política bem definida quanto a este objectivo e traçar algumas parcerias para levar este barco a bom porto.Elizeu Bernardo , estudante.

Últimas Opinies

  • 24 de Agosto, 2019

    O amiguismo na resciso

    O assunto de momento no nosso futebol, convenhamos, é sem dúvidas o desenlace entre a Federação Angolana de Futebol (FAF) e o técnico Srdjan Vasiljevic, em face de algumas situações que vinham acontecendo e que originou que se estalasse o verniz.

    Ler mais »

  • 24 de Agosto, 2019

    Cartas dos Leitores

    Os jogadores aguardaram isso dos dirigentes, para que a motivação crescesse

    Ler mais »

  • 24 de Agosto, 2019

    O sonho dos grupos

    Após as vitórias extramuros nas deslocações à Tanzânia e ao Lesotho, o 1º de Agosto e Petro têm, neste fim-de-semana, a oportunidade soberana de confirmarem a qualificação para última eliminatória de acesso a fase de grupos da Liga dos Campeões Africanos.

    Ler mais »

  • 22 de Agosto, 2019

    Cartas dos Leitores

    Viemos a público para responder ou esclarecer o que aconteceu.

    Ler mais »

  • 22 de Agosto, 2019

    O divrcio anunciado

    Não faz ainda muito tempo do anúncio do divórcio, entre o órgão reitor do futebol nacional e o então seleccionador nacional de honras, o sérvio Srdjan Vasiljevic, que ontem deixou o país.

    Ler mais »

Ver todas »