Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas de Leitores

05 de Maio, 2016
Temos objectivos a cumprir esta época, por isso, não podemos continuar assim, vamos continuar com o trabalho árduo de forma a debelar este desiderato, temos uma juventude inexperiente e só com processos de trabalho se consegue, aliás, está à vista a segunda volta onde também podemos encontrar algumas soluções.
MILLER GOMES, treinador do Kabuscorp

Em Angola, o Recreativo do Libolo é uma equipa como o Barcelona, na Europa, onde todo e qualquer atleta almeja jogar porque é uma grande equipa. É a campeã em título. Não tive contactos com os dirigentes desse clube (Libolo). Como disse anteriormente, aguardo por propostas quer sejam elas de equipas de Luanda ou do interior.
MAGWETTE, guarda-redes do ASA.

Sempre trabalhei muito, acreditei no meu potencial quando estava no Sporting, no Manchester United e em Madrid. Cresci cada vez mais como jogador, pessoa e ser humano. Divirto-me com o meu trabalho. É um privilégio saber que sou o melhor marcador de todos os tempos, na Liga dos Campeões.
CRISTIANO RONALDO, jogador do Real Madrid.

O processo de escolha para secretário-geral da FIFA começou desde a minha eleição [a 26 de Fevereiro], já falei com pessoas, tenho um ou dois nomes em mente, mas não direi quais, a escolha não será anunciada no congresso no México, a 13 de Maio, mas sem dúvida este Verão. É um verdadeiro conto de fadas, apenas o futebol podia escrever.
GIANNI INfaNTINO, presidente da FIFA

A PERGUNTA DO DIA
Depois do passo que deu, pode considerar-se o Petro de Luanda uma equipa a ter em conta na corrida ao título do Girabola?


Enquanto adepto do Petro, acho que os tricolores estão a trabalhar para pontuar a cada jogo que realiza. Acho que temos de acreditar e apoiar a equipa, porque ainda temos muitos jogos pela frente. Estêvão Ventura, estudante.

Sim, porque até agora já mostrou que pode ir mais longe, ao longo deste Girabola. Se até agora já somou 20 pontos, acho que pode fazer mais, porque no desporto é assim, mesmo as equipas mais fracas podem dar a volta ao resultado e surpreenderem as fortes. Adolfo Paulo, estudante.

É comum dizer-se que a bola é redonda, sendo assim, acho que o Petro pode lutar pela liderança neste campeonato. Nesta época, os petrolíferos estão a trabalhar com empenho a fim de não descer ou perder pontos. Princesa Cahamba, operadora de caixa

Últimas Opinies

  • 19 de Agosto, 2019

    Como causar impacto atravs do marketing?

    De facto, para que se crie um impacto forte e eficaz através do marketing desportivo, é indispensável que os clubes e federações deem atenção ao formato comunicativo a ser utilizado.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Petro escorregou Vasiljevic j era

    O grande Petro já  atemoriza os seus adeptos em poder continuar a fazer travessia no deserto neste seu “hibernar” sem título desde 2009: empatou mesmo depois de o presidente.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Cartas dos Leitores

    Penso, que não há  muitas alterações  em relação aos candidatos, o 1º de Agosto procura o Penta e o Petro luta para quebrar o jejum de 10 anos, sem conquistar o campeonato.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Girabola de todos

    Soltaram-se assobios, no último fim-de-semana. Voltou aos palcos nacionais, o futebol de primeira grandeza. Ou seja, o campeonato nacional da primeira divisão, o nosso Girabola.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    O segundo pecado da FAF

    A direcção de Artur Almeida e Silva acaba de cometer o segundo pecado, na gestão dos destinos da Federação Angolana de Futebol(FAF). O primeiro, assenta na desorganização que já a caracteriza.

    Ler mais »

Ver todas »