Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas de Leitores

07 de Junho, 2016
É uma pergunta pertinente, mas como este assunto tem sido muito propalado ultimamente, tenho as minhas dúvidas que tentem fazer a adulteração de jogadores conforme ocorreu há anos, quando o professor André Nzuzi estava no comando da selecção.
SAMY MATIAS , seleccionador nacional de sub-20.

É interessante, que naquele ano de 1976, a coisa tomou proporções inimagináveis. O andebol tornou-se tão popular, que não havia lugar para mais ninguém em todos os campos. As equipas de vários liceus passaram a ingressar atletas de outras escolas. A Industrial ficou reforçada com Abílio Pinto da Cruz, um dos melhores do Sporting de Luanda.
MALÓ, antigo praticante de andebol.

Sedes sociais com condições dignas e equipadas com material informático, deve ser uma obrigação para que os funcionários se sintam motivados no cumprimento cabal das suas obrigações. Não vamos aceitar que os clubes ou a própria APF trabalhem como no passado. Temos de romper com os maus hábitos.
AGOSTINHO NEVES, candidato a presidente da APF do Uíge.

Muhammad Ali era O Maior, ponto final. Quando lhe perguntassem, ele dizia claramente. Mas o que fazia dele o maior, alguém totalmente à parte, é que todos os outros também diziam a mesma coisa. (...) As suas vitórias ajudaram-nos a acostumarmos com a América que reconhecemos hoje.
BARACK OBAMA, presidente dos Estados Unidos.

A PERGUNTA DO DIA
As lesões de Ary Papel e de Gerson resultaram da dureza que se constata nos jogos do Girabola Zap?


Penso que as lesões são provocadas não só pelo facto de serem submetidos a duros treinos e jogos, como também por falta de cuidado individual. Muitos atletas arriscam-se muito nos jogos, enfrentam o adversário com brutalidades, pelo que resultam nesses incidentes. António Francisco, funcionário público.

Penso que não. Se assim fosse, tínhamos a maior parte bdos jogadores com lesões. Acredito que haja falta de alguma prudência da parte de alguns adversários, que estão em campo para aleijar os outros. O Gerson, por exemplo, é um jogador que se coloca muito perto dos adversários. Isso, também pode ser um dos motivos. Sebilson Francisco, estudante.

Às vezes não é por treinar muito ou fazer jogos sucessivos. Há jogadores que gostam de se individualizar e sofrem sempre forte pressão dos adversários, que por vezes acabam em lesões. A dureza pode causar lesões, mas é pouco provável, porque eles sabem lidar com isso. Pedro Matias, funcionário público.

Últimas Opinies

  • 21 de Março, 2019

    Um regresso depois de quase dez anos

    Volvidos quase dez anos, volto a assumir uma missão como enviado especial do Jornal dos Desportos, título para o qual escrevo desde o ano de 1997, e que nesse momento assumo o cargo de editor, depois de já ter sido sub-editor e correspondente provincial.

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    A eliminao do Petro e o tal patriotismo

    Terminada a participação Petro de Luanda, na Taça Nelson Mandela, é normal que por esta altura, esteja a ser feita uma profunda reflexão em torno da participação na referida competição africana, nos mais diversos aspectos que ela comporta, sem descorar, portanto, a (des) continuidade do técnico Beto Bianchi, que mais uma vez não conseguiu o troféu de uma competição em que esteve envolvido. 

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    Palancas Negras de olhos no Egipto

    A Selecção Nacional de futebol honras, vulgo Palancas Negras, só depende de si para chegar à fase final do Campeonato Africano das Nações (CAN) de 2019, que vai ser disputado no Egipto.

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    Cartas dos Leitores

    Procuramos fazer tudo para vencer o jogo, mas não conseguimos, porque o adversário  (Recreativo do Libolo) foi competente e inteligente, assim como conseguiu aproveitar as nossas falhas defensivas e, em lances de bolas paradas, marcaram os dois golos.

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    Zebras para domar...

    A Selecção Nacional de futebol de honras, às ordens do sérvio Srdjan Vasiljevic, decide amanhã, em Franciston, Botswana, a qualificação para o Campeonato Africano das Nações (CAN), que o Egipto acolhe de 19 de Junho a 21 de Julho deste ano.

    Ler mais »

Ver todas »