Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas de Leitores

09 de Junho, 2016
Foi uma prova extremamente difícil, mas felizmente conseguimos erguer-nos nesta ponta final do Campeonato Nacional e vencemos, acredito com todo o mérito. Gostaria de dar os parabéns igualmente ao Recreativo do Libolo, que foi um digno vencido.
Ricard Casas , técnico campeão do Bic - basket.

Nós entramos bem na partida, mas infelizmente o nossa adversário também conseguiu acertar o seu jogo, daí, o facto de termos assistido uma boa partida. Queríamos tanto forçar o quinto jogo, mas o adversário foi mais forte e acabou por ganhar o campeonato.
Norberto Alves , treinador do Recreativo do Libolo.

Temos duas derrotas com o Recreativo da Caála e o Kabuscorp do Palanca, um empate com o Interclube, com sabor a derrota, mas estamos bem e a trabalhar para continuar à frente do campeonato, que é o nosso objectivo, ou seja, mantermos nesse ritmo.
Carlos Hendrick, presidente do 1º de Agosto.

No passado vivíamos e jogávamos muito por amor à camisola, ao clubismo, às cores da selecção do país, sentíamos uma honra e satisfação quando fôssemos convocados para a selecção. Era o nosso maior prémio e satisfação.
Napoleão Brandão, antigo guarda-redes de futebol.


A PERGUNTA DO DIA
O jogo 1º de Agosto - Petro de Luanda pode ser considerado de Alto Risco?


Em função dos últimos resultados do Petro de Luanda, não acho que seja uma partida de alto risco. Temos visto ultimamente os campos vazios nos jogos do Petro de Luanda . Isso, faz-me crer que vai haver muitos adeptos do 1º de Agosto e não estou a ver a fazerem confusão. Eugénio Canga , estudante universitário.


acEste é um jogo que requer algum cuidado , são as duas maiores equipas do País. Deve ser um grande jogo e de risco. Hoje, prefiro ver o jogo pela televisão, por causa da confusão. Espero que as forças da Ordem Pública garantam o controlo absoluto para que não haja mortes como aconteceu no ano antepassado. Se o jogo for disputado à noite, penso que aumenta mais o risco. Manuel Wafuta , técnico de informática.

O nosso futebol está a perder muitos adeptos, e por isso, acredito que este jogo já não seja de alto risco. Vejo alguns jogos e há pouco público. O Kabuscorp do Palanca é o que leva muitos adeptos aos campos. Por isso, acredito que não seja um jogo de alto risco. Jonas Cavia, funcionário público.

Últimas Opinies

  • 18 de Março, 2019

    Cartas dos Leitores

    Temos de nos preparar bem para o jogo que será decisivo e estou convicto que iremos fazer este trabalho em conjunto, não temos muito tempo, agurada-nos um trabalho sério contra uma selecção que perdeu todas as partidas.

    Ler mais »

  • 18 de Março, 2019

    L se foi o sonho...

    O Petro de Luanda, até ontem o único sobrevivente angolano nas Afrotaças, não conseguiu evitar a derrota frente ao Gor Mahia FC do Quénia, em Nairobi, num jogo em que estava “condenado” a não desperdiçar, na totalidade, os pontos em discussão.

    Ler mais »

  • 18 de Março, 2019

    Os estreantes e o ritual de integrao

    Igor Vetokele regressa aos Palancas Negras, depois de muito tempo.

    Ler mais »

  • 16 de Março, 2019

    Cartas dos Leitores

    Eu já vi três vezes o jogo, muito sinceramente deu para ver alguma coisa na atitude e reacção de certos jogadores.

    Ler mais »

  • 16 de Março, 2019

    Operao Botswana

    A Selecção Nacional de futebol em honras concentra-se amanhã, a noite, tendo em vista a derradeira jornada do Grupo I da campanha para o Campeonato Africanos das Nações deste ano, a decorrer entre 21 de Junho e 19 de Julho no Egipto.

    Ler mais »

Ver todas »