Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas de Leitores

16 de Junho, 2016
“Temos de parar, para avaliarmos o estado em que se encontra a modalidade, no país, e criar uma selecção que traga alegrias e devolver o bom nome de Angola, no ranking internacional.”
Zé do Pau , antigo treinador de futebol.

"(...) Pretendemos estar ao mais alto nível, durante a disputa do torneio pré-olímpico de Belgrado. Para estarmos bem, na competição, temos de cuidar, necessariamente, da parte física."
Carlos Dinis , técnico da Selecção Nacional sénior masculina de basquetebol.

“O sorteio da FIFA era limpo, até ao último detalhe. Eu, jamais toquei nas bolas, coisa que outros faziam. Pode-se sinalizar as bolas, aquecendo-as ou esfriando-as. É tecnicamente possível. Fui testemunha em sorteios, a nível europeu, em que isso aconteceu.”
Joseph Blatter, ex -presidente da FIFA.

“Falámos com os representantes dos adeptos, e pedimos que se comportassem bem. Deixo aqui, publicamente, a mensagem: precisamos de todo o apoio, mas sobretudo dentro dos limites da lei. Queremos mesmo que eles compreendam a mensagem.”
Leonid Slutksi , seleccionador da Rússia.


A PERGUNTA DO DIA
Como as equipas devem aproveitar a paragem do Girabola Zap depois de disputada a primeira volta?


O aproveitamento pode ser feito de diversas formas, isto é, desde o psico-emocional, físico e também no que toca a sessões de treinos leves ou ainda a jogos amistosos entre as 16 equipas que actuam no Girabola. Desta feita estariam melhor preparadas para encarar a segunda volta que será decisiva para qualquer uma. Francisco Melo, estudante.

Os técnicos das equipas que disputam o campeonato principal de futebol da Primeira Divisão, sabem muito bem como aproveitar a paragem em função de terminado a disputa da primeira volta. É caso para se dizer que cada uma deverá cumprir com a sua agenda de serviço, tendo em conta aquilo que foi a sua produtividade ou desempenho no primeiro turno da prova. Pedro da Costa, estudante.

As direcções do clubes desportivos podem aproveitar este período de pausa para reunirem com os seus treinadores e atletas no sentido de projectarem a sua actuação na segunda volta do campeonato, de modo a estarem na mesma sintonia quanto aos objectivos que foram definidos antecipadamente antes do início do Girabola. Alexandre Félix, funcionário público.

Últimas Opinies

  • 18 de Março, 2019

    Cartas dos Leitores

    Temos de nos preparar bem para o jogo que será decisivo e estou convicto que iremos fazer este trabalho em conjunto, não temos muito tempo, agurada-nos um trabalho sério contra uma selecção que perdeu todas as partidas.

    Ler mais »

  • 18 de Março, 2019

    L se foi o sonho...

    O Petro de Luanda, até ontem o único sobrevivente angolano nas Afrotaças, não conseguiu evitar a derrota frente ao Gor Mahia FC do Quénia, em Nairobi, num jogo em que estava “condenado” a não desperdiçar, na totalidade, os pontos em discussão.

    Ler mais »

  • 18 de Março, 2019

    Os estreantes e o ritual de integrao

    Igor Vetokele regressa aos Palancas Negras, depois de muito tempo.

    Ler mais »

  • 16 de Março, 2019

    Cartas dos Leitores

    Eu já vi três vezes o jogo, muito sinceramente deu para ver alguma coisa na atitude e reacção de certos jogadores.

    Ler mais »

  • 16 de Março, 2019

    Operao Botswana

    A Selecção Nacional de futebol em honras concentra-se amanhã, a noite, tendo em vista a derradeira jornada do Grupo I da campanha para o Campeonato Africanos das Nações deste ano, a decorrer entre 21 de Junho e 19 de Julho no Egipto.

    Ler mais »

Ver todas »