Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas de Leitores

05 de Julho, 2016
Em relação ao trabalho específico, para o jogo com o 4 de Abril, não tem nada especial. Somente repassar o que fizemos na primeira volta. Em relação aos erros cometidos, estamos a insistir nisso, um pouco mais de rapidez e também na circulação da bola para evitar surpresa,
Beto Bianchi , treinador do Petro de Luanda.

Não está fácil encontrar reforços no mercado nacional. Estávamos a negociar com cinco, mas a nossa intenção esbarra na exigência financeira de uns, e na resistência dos clubes com os quais estão vinculados, que não os querem ceder.
Alberto Cardeau , treinador do Recreativo da Caála.

É verdade, que a questão do depósito das verbas, não é controlado directamente pelo Concelho Central dos Árbitros, mas por outro órgão da Federação. Temos sentido que existem alguns clubes, que não têm estado a cumprir de forma regular, com esta sua responsabilidade.
Muluta Prata , presidente do Conselho de Árbitros da FAF.

O circuito é uma propriedade da Associação provincial de motocross de Luanda, pelo que ninguém está no direito de prejudicar essa instituição, sem que lhe seja garantida outro lugar com as características necessárias, para se construir novo circuito. Temos a documentação em dia, vamos defender os interesses do desporto nacional.
Carlos Talaya, conselheiro da Associação Provincial de Motocross.


A PERGUNTA DO DIA
O Porcelana do Cuanza Norte até ao momento não formalizou a pretensão de desistir do Girabola. Deve desistir da ideia ou continuar em prova, apesar da crise financeira?

Penso que o Porcelana deve continuar no Girabola, dados os benefícios que proporcionam aos amantes do futebol, na província do Cuanza Norte. A questão do dinheiro deve ser seleccionada, com meios a alcançar de patrocínios ou solicitar às instâncias da província. Aguinaldo Quilundo, funcionário público.

Penso, que não deve desistir. Nós já temos carências de equipas na 1ª divisão, perder uma que já estava a caminhar bem, é uma falha. Vamos ajudar psicologicamente para que tenham ânimo e consigam lutar e vencer a crise financeira, pelo menos até ao fim do presente Girabola. Valério Bartolomeu, estudante.

Se o Porcelana desistir deste Girabola Zap, teremos outros tantos problemas, porque tínhamos de ajustar contas com as equipas que venceram e empataram com ela. Estas equipas podiam perder pontos e as beneficiadas seriam as que perderam com a referida equipa. Com isso, cria-se uma certa inverdade desportiva.Pedro Manuel, estudante.

Últimas Opinies

  • 23 de Março, 2019

    Agora que venha o CAN do Egipto!

    Que venha agora o CAN do Egipto! Sim, que  venha o Campeonato Africano das Nações porque a fase de qualificação ficou já para atrás. 

    Ler mais »

  • 23 de Março, 2019

    Cartas dos Leitores

    Estou aqui para trabalhar. É uma realidade nova para mim. Nunca estive em África.

    Ler mais »

  • 23 de Março, 2019

    Angola est no Egipto

    O país acordou, hoje, na ressaca da explosão festiva resultante da qualificação da selecção nacional de futebol, ao Campeonato Africano das Nações, a disputar-se em Junho e Julho, no Egipto.

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    Amanh um "tudo ou nada

    Amanhã é uma espécie de Dia D, para nós, e tal fica a dever-se aos ‘’Palancas Negras’’

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    Um regresso depois de quase dez anos

    Volvidos quase dez anos, volto a assumir uma missão como enviado especial do Jornal dos Desportos, título para o qual escrevo desde o ano de 1997, e que nesse momento assumo o cargo de editor, depois de já ter sido sub-editor e correspondente provincial.

    Ler mais »

Ver todas »