Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas do Leitor

28 de Abril, 2014
Jogámos e procurámos o golo, apesar de o ASA mostrar que tem uma boa equipa. Mostrámos muita vontade e suámos para vencer, porque foi muito difícil. Lami sofreu um toque no treino e vamos ver se está bom para os próximos jogos".
Eduouard Antranik, treinador do Kabuscorp

Jogámos contra o campeão e sabíamos que era um jogo complicado. Os meus jogadores estiveram bem, temos subido de rendimento e acreditamos que os próximos jogos vão ser melhores. Vamos continuar a trabalhar".
Samy Matias, técnico do ASA

Em muitas jornadas eu dizia ‘gosto da arbitragem angolana’, mas hoje vimos uma equipa com demasiado respeito para os outros e não para nós. Vi uma equipa de arbitragem a respeitar em demasia o Benfica e a desrespeitar-nos”.
Pedrag Jakonovic, Bravos do Maquis

É um bom resultado para nós, para uma equipa como a nossa que luta para não descer de divisão, ainda não perdeu, está num bom caminho. Todos os pontos conseguidos são sempre úteis para as contas finais".
Zeca Amaral, treinador do Benfica de Luanda

A PERGUNTA DO DIA
Quais são as razões que levam o internacional Mateus Galiano a ter dificuldades de se impôr no 1º de Agosto?


As dificuldades que o internacional Mateus Galiano tem encontrado no tocante ao seu enquadramento no sistema táctico da equipa militar, devem-se a várias razões e uma delas pode até ser o facto de o atleta vir de um campeonato mais competitivo do que este, quando representava o Nacional da Madeira de Portugal.
Miguel Jacinto - funcionário público

O factor idade, 30 anos, pode estar na base do fraco desempenho do avançado militar, pois lembro-me que nos anos anteriores, Mateus Galiano tinha rendimento superior quando jogou pelas equipas portuguesas do Gil Vicente, Futebol Clube da Lixa e Nacional da Madeira.
João Joaquim - estudante

A direcção do 1º de Agosto deve mandar elaborar um inquérito à equipa médica, em particular aos psicólogos, bem como à equipa técnica, para averiguar acerca do fraco rendimento do ponta de lança Mateus Galiano que é de facto preocupante, embora outros jogadores também denotam baixa de forma.
Agostinho João - estudante

Avaliação JD

MILLER GOMES Treinador do Libolo-Positivo=
O Recreativo do Libolo saiu incólume do estádio 11 de Novembro na visita ao 1º de Agosto. Os libolenses tiraram os galões e mostraram que não é por acaso que comandam o Girabola, ao derrotaram o 1º de Agosto. O Libolo é agora o líder isolado do campeonato e Miller Gomes tem motivos para sorrir.


DRAGAN JOVIC Técnico do 1º de Agosto-Negativo=Mau baptismo é o que se pode dizer da estreia de Dragan Jovic como treinador principal do 1º de Agosto. O treinador que sucedeu Daúto Faquirá, despedido na semana passada, perdeu o seu primeiro jogo e não acabou com a crise de maus resultados do clube militar, facto que não agradou, naturalmente, aos adeptos rubro-negros.

Últimas Opinies

  • 21 de Março, 2019

    Palancas Negras de olhos no Egipto

    A Selecção Nacional de futebol honras, vulgo Palancas Negras, só depende de si para chegar à fase final do Campeonato Africano das Nações (CAN) de 2019, que vai ser disputado no Egipto.

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    Cartas dos Leitores

    Procuramos fazer tudo para vencer o jogo, mas não conseguimos, porque o adversário  (Recreativo do Libolo) foi competente e inteligente, assim como conseguiu aproveitar as nossas falhas defensivas e, em lances de bolas paradas, marcaram os dois golos.

    Ler mais »

  • 21 de Março, 2019

    Zebras para domar...

    A Selecção Nacional de futebol de honras, às ordens do sérvio Srdjan Vasiljevic, decide amanhã, em Franciston, Botswana, a qualificação para o Campeonato Africano das Nações (CAN), que o Egipto acolhe de 19 de Junho a 21 de Julho deste ano.

    Ler mais »

  • 18 de Março, 2019

    Se ontem o Petro caiu agora...viva a seleco !

    O reflexo do que é ( e ainda poderá ser por largos anos ) o insucesso do nosso futebol a alto nível dos clubes africanos foi mais uma vez demonstrado ontem no Quénia, onde o Petro de Luanda mesmo a jogar em vantagem numérica pouco fez para continuar a Taça CAF. 

    Ler mais »

  • 18 de Março, 2019

    Cartas dos Leitores

    Temos de nos preparar bem para o jogo que será decisivo e estou convicto que iremos fazer este trabalho em conjunto, não temos muito tempo, agurada-nos um trabalho sério contra uma selecção que perdeu todas as partidas.

    Ler mais »

Ver todas »