Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas do Leitor

10 de Julho, 2014
Talvez não se esperasse que fosse afastado da forma como foi, com uma goleada humilhante que estarreceu por completo o país. Perder para a Alemanha não era coisa de outro mundo até porque das equipas que chegaram às meias-finais a selecção europeia era uma das mais competitivas e candidatas ao título
Dragan Jovic, técnico do 1º de Agosto

"Em termos de desempenho estamos no bom caminho e acredito que em função das aulas que recebemos do nosso treinador, aliadas ao grupo de trabalho que temos, podemos evoluir ainda mais nesta fase derradeira do Girabola".
Fatite, capitão do Sagrada Esperança

"Além de estarmos envolvidos no Campeonato do Mundo, existe ainda a questão do zonal de apuramento para a fase final da Taça dos Clubes Campeões. Portanto, são situações que a própria FIFA-Afrique está a analisar para que nenhum país saia prejudicado".
Tony Sofrimento, direcotor de Marketing


"Volto da Inglaterra satisfeito porque fiz uma boa corrida, joguei sempre ao ataque. Pude impor um bom ritmo e efectuar nove ultrapassagens. Sempre que tinha a pista livre, os meus tempos por volta eram mais rápidos do que dos líderes".
Luís Sá Silva, piloto angolano

A PERGUNTA DO DIA
Quais os motivos da goleada (7-1) sofrida pela selecção do Brasil diante da Alemanha no Mundial?

A selecção canarinha apesar de não mostrar o seu futebol habitual, como temos acompanhado, ainda assim conseguiu chegar às meias-finais mas devido a pressão e a ausência do capitão Thiago Silva e da grande estrela, Neymar Jr., viu-se impotente para travar uma Alemanha demolidora.
Jacquene Gonçalves, arquitecto


Apenas tenho a dizer que é inexplicável comentar a tamanha humilhação que o Brasil sofreu, diante da Alemanha. Assim sendo, o dia 8 de Julho de 2014 jamais vai ser esquecido pelos brasileiros, porque marca a pior campanha da selecção nos Campeonatos do Mundo em que participou.
Aguião Manuel, empresário


Antes de o Brasil ser eliminado, o ex-jogador Chris Waddle afirmou que se esta selecção conquistasse o hexacampoenato seria a pior equipa a vencer um mundial em todos os tempos. Talvez estas palavras tenham influenciado de alguma forma no insucesso e no resultado humilhante de terça-feira.
Luís Cunha, empresário


Avaliação JD

AGOSTINHO MATAMBA Médico do "Cinco" Nacional=Positivo=O médico Agostinho Matamba vai integrar a comissão médica da FIBA-Afrique, após à realização da Assembleia-geral da Zona VI, que serviu para a eleição de novos corpos gerentes para o quadriénio 2014-2018. Uma escolha que engrandece não só a modalidade como também o desporto angolano.

PEDRO NETO Presidente da FAF=Negativo=A Selecção Nacional feminina de futebol volta a falhar, uma vez mais, a fase final de um "Africano" a disputar-se no próximo ano na Namíbia. O combinado nacional não foi inscrito pela FAF, atitude até certo ponto discriminatória, que surpreendeu todos que lidam com o futebol feminino.

Últimas Opinies

  • 24 de Agosto, 2019

    O amiguismo na resciso

    O assunto de momento no nosso futebol, convenhamos, é sem dúvidas o desenlace entre a Federação Angolana de Futebol (FAF) e o técnico Srdjan Vasiljevic, em face de algumas situações que vinham acontecendo e que originou que se estalasse o verniz.

    Ler mais »

  • 24 de Agosto, 2019

    Cartas dos Leitores

    Os jogadores aguardaram isso dos dirigentes, para que a motivação crescesse

    Ler mais »

  • 24 de Agosto, 2019

    O sonho dos grupos

    Após as vitórias extramuros nas deslocações à Tanzânia e ao Lesotho, o 1º de Agosto e Petro têm, neste fim-de-semana, a oportunidade soberana de confirmarem a qualificação para última eliminatória de acesso a fase de grupos da Liga dos Campeões Africanos.

    Ler mais »

  • 22 de Agosto, 2019

    Cartas dos Leitores

    Viemos a público para responder ou esclarecer o que aconteceu.

    Ler mais »

  • 22 de Agosto, 2019

    O divrcio anunciado

    Não faz ainda muito tempo do anúncio do divórcio, entre o órgão reitor do futebol nacional e o então seleccionador nacional de honras, o sérvio Srdjan Vasiljevic, que ontem deixou o país.

    Ler mais »

Ver todas »