Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa

Opinio

Cartas do Leitor

29 de Julho, 2014
“Nunca tivemos uma sequência de derrotas como agora, mas vamos pensar que o quinto lugar ainda é a nossa meta. Por isso, damos o nosso voto de confiança à equipa técnica, com quem temos um contrato de um ano”, Paixão Júnior, presidente do Progresso do Sambizanga

“Ainda é cedo para termos todos os dados que queremos, mas se as coisas continuarem assim, há fortes possibilidades de o nosso jogador melhorar sem precisarmos de recorrer a outro tipo de tratamento”Abel sanz, médico do 1º de Agosto

“A tala que me colocaram na vez passada está a ajudar bastante e deu para minimizar muita coisa. Esta forma de tratamento está a resultar e espero que as coisas continuem assim, nos próximos dias”Pataca, jogador do 1º de Agosto

“Nestes anos todos em que represento o Interclube nunca chegámos a viver uma época tão má. Acho que este é um dos piores campeonatos. Penso que começámos muito mal a época e entrámos mal nos jogos” Kito,`defesa do Interclube

A PERGUNTA DO DIA
A diminuição do número de atletas estrangeiros, para a 59ª corrida de São Silvestre, pode permitir aos corredores nacionais alcançar os lugares cimeiros da prova?

O desempenho e a qualidade de cada atleta, durante uma determinada competição, é que dita a regra de jogo para que se alcancem os lugares cimeiros. Esperamos que os nossos representantes estejam em grande forma na 59ª corrida de São Silvestre, para honrarem as cores da Bandeira Nacional.
João Menezes, estudante

O atletismo, apesar de se parecer como uma modalidade individual, é também colectivo, devido ao número de atletas que representam uma determinada equipa. Só o facto, de sabermos que na presente edição, a organização só vai convidar dez corredores estrangeiros, os atletas nacionais podem aspirar a lugares honrosos na classificação.
Aníbal José, despachante oficial

Somos conhecidos como povo acolhedor, unido e determinado naquilo que queremos. Em qualquer competição, a qualidade dos atletas é que conta. Sou de opinião, que a redução do número de atletas estrangeiros pode beneficiar em grande medida, as aspirações dos angolanos se eles estiverem bem preparados.
Fabricie Mbiavanga, mecânico industrial

Avaliação JD


Mbyavanga Capella Treinador - União do Uíge=Positivo
=Mbyavanga Capella conseguiu, finalmente, a sua primeira vitória no Girabola, à frente da formação do União do Uíge. A formação das terras do café foi ao Lubango vencer o Benfica local para a 19ª jornada do Girabola, uma vitória que vem, certamente, animar jogadores e a equipa técnica, ainda que o conjunto permaneça na cauda da classificação.

JORGE NITO Treinador-Benfica do Lubango=Negativo=
A águia huílana, não voou, consentiu mais uma derrota em sua própria casa diante da equipa que neste momento carrega a lanterna vermelha, no Girabola. Após ter recebido o voto para a continuidade e conseguido surpreender o ASA, em Luanda, o Benfica do Lubango consentiu um resultado algo inesperado, quando tinha aberto o caminho para a recuperação.

Últimas Opinies

  • 19 de Agosto, 2019

    Como causar impacto atravs do marketing?

    De facto, para que se crie um impacto forte e eficaz através do marketing desportivo, é indispensável que os clubes e federações deem atenção ao formato comunicativo a ser utilizado.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Petro escorregou Vasiljevic j era

    O grande Petro já  atemoriza os seus adeptos em poder continuar a fazer travessia no deserto neste seu “hibernar” sem título desde 2009: empatou mesmo depois de o presidente.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Cartas dos Leitores

    Penso, que não há  muitas alterações  em relação aos candidatos, o 1º de Agosto procura o Penta e o Petro luta para quebrar o jejum de 10 anos, sem conquistar o campeonato.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    Girabola de todos

    Soltaram-se assobios, no último fim-de-semana. Voltou aos palcos nacionais, o futebol de primeira grandeza. Ou seja, o campeonato nacional da primeira divisão, o nosso Girabola.

    Ler mais »

  • 19 de Agosto, 2019

    O segundo pecado da FAF

    A direcção de Artur Almeida e Silva acaba de cometer o segundo pecado, na gestão dos destinos da Federação Angolana de Futebol(FAF). O primeiro, assenta na desorganização que já a caracteriza.

    Ler mais »

Ver todas »